Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PEDRO HENRIQUE MÜLLER

Desempregado há dois anos, ator revela descaso da Globo: 'Que saudade'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Pedro Henrique Müller em cena da novela Orgulho e Paixão (2018), como o personagem Capitão Otávio

Pedro Henrique Müller em cena da novela Orgulho e Paixão (2018); ator está desesperado por emprego

REDAÇÃO

Publicado em 21/2/2020 - 13h37

Fora da televisão desde o fim de Orgulho e Paixão (2018), o ator Pedro Henrique Müller fez um desabafo nas redes sociais ao revelar descaso da emissora. "Atualizando uns cadastros de produtores de elenco, por motivos de um longo desemprego, fiquei revendo cenas. Que saudade", escreveu o intérprete de Capitão Otávio, que conquistou os telespectadores ao viver um romance com Luccino (Juliano Laham).

Em seu Twitter, Müller compartilhou com seguidores na noite desta quinta-feira (20) que sentiu saudades ao rever algumas cenas da trama escrita por Marcos Bernstein. Ele também avisou que está à procura de um novo trabalho. "Podem me indicar para testes, tá? Sou ator dedicado, juro!", pediu ele. 

Após uma seguidora comentar que "a Globo não faz nada", o ator respondeu com um GIF em que a atriz Jennifer Lawrence expressa um deboche sutil e escreveu: "A Globo pra mim". "Saudade do rostinho do Pedro na minha televisão, olhando que nem um boiola pro Luccino. Porra, Globo, onde cê vai achar um ator dedicado assim? Nem na lua!", disparou um internauta idenficado apenas como Nico.

Em entrevista ao Notícias da TV, em setembro de 2018, Pedro Henrique chegou a comentar que esperava por novas oportunidades após a novela das seis da Globo. "Foi uma experiência incrível e deliciosa. Estou doido pra seguir fazendo mais trabalhos na televisão. Achei um barato esse negócio de fazer novela, quero mais", declarou ele na época.

Confira os desabafos do ator Pedro Henrique Müller no Twitter: 

Confira algumas reações de seguidores de Pedro Henrique: 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?