Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LUTO

De repórter esportivo ao 'Corta pra mim': relembre a carreira de Marcelo Rezende

Divulgação/RecordTV

Marcelo Rezende na época de repórter esportivo, em 1987; e no Cidade Alerta, em 2012 - Divulgação/RecordTV

Marcelo Rezende na época de repórter esportivo, em 1987; e no Cidade Alerta, em 2012

REDAÇÃO

Publicado em 16/9/2017 - 19h17

Conhecido por sua atuação em programas policiais, como o Cidade Alerta e o Linha Direta, Marcelo Rezende (1951-2017) começou sua carreira jornalística em uma área bem diferente: o esporte. Na década de 1960, quando foi visitar o primo na redação do Jornal dos Sports, no Rio de Janeiro, acabou conseguindo uma vaga de redator na publicação.

Mesmo sem ter feito faculdade na área, Rezende não parou mais de trabalhar com jornalismo. Passou pela Rádio Globo e pelo jornal O Globo na década de 1970,  até ir para a revista Placar, na qual ficou até 1987. 

Foi trabalhar na TV Globo inicialmente na cobertura de esportes, mas migrou para as reportagens policiais pouco tempo depois. Ganhou destaque com a série sobre a violência de PMs na Favela Naval, de Diadema, em março de 1997. Pelo especial do Jornal Nacional, recebeu o Prêmio Libero Badaró de jornalismo.

Em 1999, começou a apresentar o Linha Direta, que recriava casos policiais. Em agosto de 2000, deixou o comando do programa e iniciou uma etapa de migração de emissoras: passou por RedeTV!, Record, voltou para a RedeTV!, foi para a Band e retornou para a Record em 2010.

Em 2012, reassumiu o Cidade Alerta, dando um toque mais leve e engraçado para o policial. Criou bordões como "Corta pra mim", deu apelidos para os repórteres do telejornal e fazia brincadeiras com o colega Percival de Souza.

Relembre alguns momentos da carreira de Marcelo Rezende:

Relembre a trajetória de Marcelo Rezende na TV

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você acompanhará após o fim do BBB21?