Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Vanessa da Mata

Cantora arruma briga no Twitter para defender Neymar de acusação de estupro

Reprodução/Globo

A cantora Vanessa da Mata durante apresentação que foi ao ar no Fantástico, no domingo (9) - Reprodução/Globo

A cantora Vanessa da Mata durante apresentação que foi ao ar no Fantástico, no domingo (9)

REDAÇÃO

Publicado em 10/6/2019 - 11h55

Vanessa da Mata está empenhada na defesa do jogador Neymar, acusado de estupro e agressão pela modelo Najila Trindade. A cantora se engajou numa discussão no domingo (9), no Twitter, com uma seguidora. Vanessa postou um meme debochando de Najila, foi criticada e partiu para a briga. Ela chamou Najila de golpista, riu do assunto sério e desagradou boa parte de seus fãs.

O post que deu origem à briga foi um meme que Vanessa postou, com um print da entrevista de Najila a Roberto Cabrini para o SBT, na semana passada, com uma frase a mais: "DJ ganha quanto?".

Uma seguidora de Olinda, Pernambuco, que se intitula de Suzi na rede social, comentou "Que decepção", e Vanessa não gostou. Disse que aquele espaço era sua casa e que tem direito a dar risada dos memes, postar e compartilhar o que quiser. A fã, então, explicou sua indignação.

"A decepção é pelo tipo de conteúdo que você posta(va) e pelo qual eu estava aqui. O tal meme não tem graça alguma quando brinca com a questão da cultura do estupro e agressão contra a mulher. Enfim. Apenas triste", disse.

Foi nesse ponto que Vanessa deixou mais clara sua posição no conflito entre Neymar e Najila.

"Agressão contra mulher? Mas essa agressão é contra o homem e contra um nome que dá muito emprego e mantém um monte de família. Não confunda uma golpista com mulheres que realmente sofrem. Aí você me decepciona", escreveu a cantora.

Outros fãs também começaram a criticar Vanessa, e Suzi respondeu: "Só porque ele é famoso, "dá emprego" etc, não pode ter errado também? Então, ele é intocável... Hum... Faz tempo que Neymar dá sinais de que é apenas um moleque mimado e a mídia só acoberta".

Vanessa continuou na defesa do jogador e no ataque à modelo: "Hahahahaha, o que isso tem a ver com acusações de estupro? Quer dizer agora que, se você vem aqui e dá sinais de falhas humanas, alguém pode chegar e querer tomar o que você lutou pra ter, e pelo que isso irrita os outros você não tem direito de subir na vida? Cuidado hein, não justifica cadeia".

"Dar tanto espaço para uma [mulher] que nunca apareceu, não sabiam nem da facada que ela deu no ex-marido, não sabiam nada sobre ela e mesmo assim ganharam muita grana com ela, pra mim foi ao contrário. Imagina chegar pra você o que aconteceu com ele? Mesmo antes de provar ela já era famosa", publicou Vanessa.

Vários seguidores ficaram revoltados com o posicionamento da cantora e mandaram links que indicavam outros problemas de Neymar divulgados na mídia, como com a Receita Federal, com outros jogadores e com torcedores.

A seguidora Suzi decidiu encerrar a discussão dizendo que desde o início Najila foi retratada por ele e pela mídia como culpada, mas Vanessa seguiu rindo e comentou o vídeo em que a modelo aparece batendo no jogador.

"Hahahaha, bom, eu como vejo um monte de golpista e vi um vídeo que me mandaram, posso dizer que qualquer pessoa, até uma velhinha tomando tapa na cara daquele jeito, teria revidado. Se revidasse ela teria conseguido... Eu teria revidado, você teria, normal é instintivo. Se é ele ou não...", disse. O vídeo em questão foi feito um dia após o suposto estupro.

Boa parte dos fãs que comentaram a discussão disseram que Vanessa está "cancelada" e fez um desserviço contra mulheres e vítimas de estupro. Outros a parabenizaram por falar a verdade.

Também ontem, a cantora apareceu no Fantástico, falou sobre o novo CD que está lançando e cantou músicas para divulgação.

Najila acusa Neymar de tê-la agredido e de ter feito sexo sem consentimento num quarto de hotel em Paris, na França, para onde ela viajou para ter encontros amorosos com o jogador.

TUDO SOBRE

Twitter

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?