Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DANO MATERIAL

Briga de ex-casal: Paula Toller é condenada a pagar indenização a Leoni

DIVULGAÇÃO

A cantora Paula Toller segura um instrumento musical como se o tocasse e usa uma camisa listrada em foto de divulgação

Paula Toller terá de pagar indenização ao ex-namorado Leoni por uso não autorizado de nome de música

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 7/2/2021 - 8h47

Por determinação judicial, Paula Toller foi condenada a pagar indenização por dano material a Leoni. Eles são ex-namorados e fundadores da banda Kid Abelha A ação foi movida pelo músico devido ao uso não autorizado do título do hit Como Eu Quero, nome dado à turnê da loira em 2017. O valor ainda será anunciado.

A sentença da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro negou o pedido de R$ 50 mil por danos morais que foi pedido pelo cantor. As informações sobre o julgamento do processo foram publicadas pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, neste domingo (7).

Há dois anos, o ex-casal protagonizou outra ação judicial que teve como resultado a decisão da 1ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro condenando Leoni a indenizar Paula em R$ 50 mil por danos morais. O motivo foi uso indevido da imagem da cantora e dos direitos autorais da música Pintura Íntima durante a campanha eleitoral de 2018.

Paula Toller e Leoni se enfrentaram na Justiça no processo movido pela cantora. Ela pleiteiou indenização por causa de uma gravação caseira publicada na internet na eleição em que ele trocou o refrão do hit Pintura Íntima por versos para eleger o então candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT). 

Paula chegou a entrar com uma ação contra o Partido dos Trabalhadores no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro dizendo que não havia autorizado. O TRE tirou de circulação os vídeos da campanha com a famosa canção. No processo contra o PT, a cantora pediu R$ 200 mil pelos danos sofridos em sua imagem por causa do uso indevido da música.

A loira também afirmou que a publicação do vídeo do ex-colega nas redes sociais foi uma "atitude provocativa e teimosa". As imagens foram postadas às vésperas do segundo turno da eleição presidencial de 2018.

Na gravação, Leoni apareceu de bermuda e descalço cantando ao lado do filho um trecho de Pintura Íntima, mas substituiu o refrão por "fazer amor de madrugada, amor com jeito de virada" por "Manu e Haddad de mãos dadas, chegou a hora da virada".

Além de Leoni, Fernando Haddad e o PT foram condenados a pagar  R$ 100 mil cada um para a cantora em dezembro de 2019, mas recorreram recorreram da decisão afirmando que não eram os responsáveis pela paródia.

TUDO SOBRE

Paula Toller


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do final de Amor de Mãe?