Cristiana Pompeo

Atriz de Deus Salve o Rei leva calote e pede emprego na internet: 'Me roubaram tudo'

Artur Meninea/TV Globo

Cristiana Pompeo caracterizada como Matilda, personagem de Deus Salve o Rei - Artur Meninea/TV Globo

Cristiana Pompeo caracterizada como Matilda, personagem de Deus Salve o Rei

REDAÇÃO - Publicado em 09/03/2019, às 16h15 - Atualizado em 10/03/2019, às 12h16

Cristiana Pompeo usou sua rede social para pedir emprego e acusar a empresa JJ Invest de calote. A atriz, que viveu a personagem Matilda em Deus Salve o Rei (2018), fez um apelo desesperado em seu Instagram dizendo que perdeu as economias de oito anos de trabalho e pedindo ajuda para localizar Jonas Jaimovick, dono da gestora de investimentos investigada por golpe. Ao Notícias da TV, ela relatou detalhes do caso e da mobilização dos investidores que também não conseguiram resgatar o dinheiro aplicado.

"Me roubaram TUDO. Minhas economias da vida toda. Preciso mais do que nunca trabalhar. Sabe uma mão na frente, outra atrás? Então... Só que o Carnaval acabou e nudez (no momento) não me interessa. Portanto... Pelo amor de Deus: MANDEM JOBS!", implorou a atriz na legenda de uma imagem que trocava a palavra "nudes" por "job" ("emprego", em inglês).

Cristiana contou que no início do ano passado teve o primeiro contato com a empresa e resolveu fazer uma pequena aplicação. Um parente de Jonas Jaimovick, que segundo a atriz também levou calote, fez a indicação.

"Foi através do primo dele que é ator, fez Zorra Total comigo, me indicou porque meu contrato estava terminando [pela atuação em Deus Salve o Rei]. Ele disse que estava vivendo disso, dos rendimentos da aplicação", lembrou ela, que preferiu não revelar o nome do colega.

"Teve o Zico que investia, tinha foto dele com a Viviane Araújo, outras personalidades também, a empresa ia fechar contrato com o Vasco... Eu ia deixar o dinheiro poucos meses, só pra render um pouquinho. Cheguei a fazer alguns resgates. Mas, ao fim do trabalho, acabei colocando todas as minhas economias, o FGTS, tudo. Um dinheiro que eu levei oito anos para economizar, e eu ia poder dar entrada em um apartamento", lamentou.

No fim de 2018, as denúncias contra a empresa começaram a aparecer, mas Jonas Jaimovick ainda estava em contato com os investidores. A atriz percebeu que tinha sido vítima de um golpe em fevereiro deste ano.

"Ele começou a mandar e-mails com relatórios, dizendo que ia pagar pela ordem de pedido de resgate até janeiro. Em fevereiro, ele sumiu", disse. Foi então que um grupo de aproximadamente cem pessoas foi à delegacia fazer a denúncia coletiva.

Cristiana contou ainda que existem vários grupos de mensagens com pessoas que estão sem retorno da JJ Invest. E que, agora, ela conta com apoio da família e de amigos para lidar com o golpe.

"Estou muito arrasada. Eu não gostaria de estar precisando falar sobre isso, essa mídia negativa, sempre estive na mídia para falar sobre meus trabalhos em teatro, musicais, televisão", desabafou.

Desde que publicou o post pedindo emprego, Cristiana teve apoio de fãs e amigos, mas ainda nenhuma proposta de trabalho se concretizou. Ela contou que tem um espetáculo aprovado para captação de recursos via Lei Rouanet, mas que está pensando em promover um financiamento coletivo para viabilizá-lo. "O que eu tenho agora é o fato de ser uma pessoa pública é usar isso para tentar fazer alguma coisa", falou.

Apelo na rede social
No dia 23 de fevereiro, Cristiana Pompeo fez o primeiro post sobre o calote em sua rede social. Ela publicou uma foto da reportagem do jornal O Globo em que o empresário investigado aparece ao lado do ex-jogador Zico, que também teria perdido dinheiro no golpe.

"Jonas Jaimovick, dono da JJ Invest, sumiu há alguns dias e não presta contas do dinheiro de mais de 2 mil pessoas, sendo eu uma delas. A Polícia Federal já iniciou investigações, mas precisamos MUITO que isso seja divulgado, que ele seja encontrado. Milhares de famílias estão em situação de penúria, desespero e dívidas por conta disso", escreveu ela.

"Compartilhem por favor! Nos ajudem a pegar esse homem que destruiu milhares de vidas. A impunidade não pode ser lugar comum sempre no nosso país! Se alguém souber do paradeiro desse homem, entre em contato com as autoridades imediatamente!", pediu a atriz.

No último domingo (3), ela fez outro desabafo no Instagram com mais uma matéria do jornal carioca. Desta vez, Jaimovick aparece também ao lado da atriz Viviane Araújo na foto. "Fui roubada por esse homem! Eu e quase 3 mil pessoas! São famílias devastadas, pessoas em depressão, desesperadas. No meu caso, foram oito anos de economias, de muito suor, do que construí. São sonhos destruídos. Que a justiça seja feita! Que esse bandido apareça!", escreveu.

A Folha de S. Paulo noticiou no dia 24 de fevereiro o calote da JJ Invest, que não tinha autorização para atuar como gestora de investimentos.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook