Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VESPA DOS VINGADORES

Atriz da Marvel, Evangeline Lilly é criticada por texto antivacina; entenda

DIVULGAÇÃO/MARVEL STUDIOS

Evangeline Lilly em cena do filme Homem-Formiga e a Vespa

Evangeline Lilly em cena de Homem-Formiga e a Vespa; atriz foi criticada após texto antivacina

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 27/1/2022 - 15h42

Evangeline Lilly, a Hope Van Dyne/Vespa dos filmes da Marvel, foi duramente criticada nas redes sociais após publicar um texto defendendo o movimento antivacina em seu perfil oficial no Instagram. A atriz defende que as pessoas têm liberdade para escolher se devem ou não aplicar o imunizante contra a Covid-19.

No texto, Evangeline cita um protesto pacífico de caminhoneiros canadenses realizado recentemente contra a vacinação obrigatória. A atriz explica que, enquanto eles contestavam a imunização mandatória, ela estava em Washington, capital dos Estados Unidos, defendendo o que ela chama de "supremacia corporal".

Na visão da intérprete da Vespa dos Vingadores, ninguém deveria injetar nada no corpo de forma forçada. Ela ainda critica a ameaça de alguns governos (federais, estaduais e municipais) de obrigar a vacinação por terrorismo com o medo do desemprego, detenção e outras ameaças.

"Estive em Washington neste fim de semana para apoiar a supremacia corporal, enquanto os caminhoneiros canadenses estavam protestando e se unindo em prol da mesma causa. Acredito que ninguém nunca deveria ser forçado a injetar nada no seu corpo, caso isso seja contra sua vontade", escreveu a atriz.

No texto, ela cita as ameaças que os apoiadores do movimento antivacina sofrem:

  • Ataques violentos;
  • Prisões ou detenções sem julgamento;
  • Perda de emprego;
  • Perda de moradia;
  • Fome;
  • Perda da educação;
  • Alienação de entes queridos;
  • Excomunhão da sociedade;

"Este não é o caminho. Isso não é seguro. Isso não é saudável. Isso não é amor. Entendo que o mundo está com medo, mas não acredito que responder ao medo com força resolverá nossos problemas. Eu era pró escolha antes da Covid-19 e ainda sou pró escolha hoje", concluiu a atriz.

Nas redes sociais, internautas criticaram veemente o texto de Evangeline e seu apoio ao movimento antivacina. Algumas pessoas ainda relembraram do caso de Letitia Wright, atriz de Pantera Negra (2018), que se recusou a tomar o imunizante e criou complicações para as filmagens da sequência do longa.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.