Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

POLÊMICA

Após Xuxa criticar paquitas, Andréa Sorvetão rebate com frase de Bolsonaro

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Andréa Sorvetão faz pose para foto e usa um vestido branco

Andréa Sorvetão criticou declaração de Xuxa sobre desentendimentos com algumas ex-paquitas

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/4/2022 - 22h10

Sem citar nomes, Xuxa Meneghel afirmou que desfez laços com algumas paquitas porque "são seres humanos que são falhos" e que poderia rever a amizade caso houvesse um pedido de desculpa. Neste sábado (16), Andréa Sorvetão alfinetou a rainha dos baixinhos com uma frase do presidente Jair Bolsonaro (PL): "Para mim, é Brasil acima de tudo e Deus acima de todos".

"Uma pessoa que diz que tem facilidade de tirar as pessoas da vida dela é porque, na realidade, nunca se preocupou ou se esforçou para mantê-las lá. Na realidade, a pessoa nunca esteve na vida dela. Vida que segue. Vamos nós. Cada um com seus valores e seus princípios. Eu sigo aqui. Firme. Porque para mim, é Brasil acima de tudo e Deus acima de todos", declarou a ex-paquita em seu perfil no Instagram sem citar o nome da apresentadora, opositora ao presidente da República. 

Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, apresentado por Sérgio Mallandro e Renato Rabelo, Xuxa se recusou a responder os nomes de suas paquitas prediletas, mas afirmou que "tem algumas que não quer nunca mais na vida".

"Tenho um defeito que é tirar as pessoas da minha vida com facilidade. No decorrer da minha vida as pessoas vão dizer: 'Essa paquita nunca mais esteve por perto [de Xuxa], ela nunca mais falou'. Não era para estar. E é assim", declarou a apresentadora.

Confira o vídeo com a afirmação de Xuxa e a resposta de Andréa Sorvetão:

Xuxa e Ayrton Senna

Na mesma entrevista, Xuxa revelou mais detalhes de seu relacionamento com Ayrton Senna (1960-1994). Entre eles, um pedido inusitado que fez na cama para o piloto.

"Na hora que a gente foi ficar junto, ele começou a puxar meu cabelo, como se fosse uma chuca, para cima. Eu falei para ele: 'Você quer ficar com a Xuxa da televisão, com chuquinha, com bota. Não tem problema. Eu boto a bota, a chuquinha, e você bota o capacete?'", declarou a loira. "Foi para pagar com a mesma moeda. Na hora que ele foi, eu fiz 'tananam, tananam!'[música tema das vitórias de Senna]", debochou.

A veterana também fez muitos elogios ao piloto e afirmou que a conexão entre os dois era muito forte: "As pessoas falam muito de alma gêmea e tal. Não sei se isso existe. Se ele fosse mulher, ele falava que gostaria muito de trabalhar com criança. E eu sempre falei para ele que gostava de carro".

"Eu sempre tive um pé pesado. Eu sempre quis correr. Se ele fosse mulher, ele dizia que gostaria de ter o meu trabalho. E eu, o dele. Então, a gente meio que se completava. Ele era ariano, e eu também. A gente era muito parecido com gostos de cores e tudo. E também era ruim, porque, quando a gente brigava, eu, cabeça dura, esperava, e ele me esperava", detalhou.

Xuxa também revelou que se arrepende de certas atitudes no relacionamento com Senna: "Eu pisei muito na bola com ele. Na realidade, foi tudo uma preparação para hoje eu ter o Junno [Andrade] e não errar de novo. Se eu tivesse o Junno com 20 anos, como foi com o Beco [apelido de Senna], eu não teria dado valor".

Xuxa abriu o jogo sobre Pelé

A rainha dos baixinhos também falou sobre seu relacionamento com Pelé. Os dois se conheceram depois de um ensaio fotográfico, e o relacionamento durou seis anos. Segundo ela, o ex-jogador foi o primeiro amor de sua vida.

"Meu coração bateu mais forte. Eu falei: 'por que estou fazendo isso com esse cara bem mais velho do que eu?'. Não era uma coisa certa na minha cabeça. Mas ele insistiu, mandava flores para minha mãe, conversava com o meu pai", declarou a apresentadora a respeito do início do namoro.

O rei do futebol precisou pedir a mão da loira para seus pais algumas vezes até conseguir a permissão para namorá-la. Xuxa, que era menor de idade no início da relação, só podia sair de casa com a permissão de sua família.

"Foi dos 17 aos 23 anos. Foram seis anos. O Pelé realmente tem dupla personalidade, ele fala na terceira pessoa. Eu me apaixonei muito pelo Dico [apelido de Pelé], que era muito chegado à minha família, era muito divertido", relatou.

Ela ainda criticou algumas atitudes do craque: "Às vezes, ele chegava com marca de batom. Ele falava: 'Essas mulheres ficam querendo agarrar o Pelé'. Eu, com pouca idade, não entendia direito isso. Achava isso normal. Não foi uma tarefa muito fácil dos meus 17 aos meus 23 anos".

Caso Mara Maravilha

No bate-papo, Sérgio Mallandro relembrou os momentos em que Mara Maravilha atacou Xuxa publicamente e perguntou o que ela achou do pedido de desculpas. "Que bom, que legal isso. Só que eu acho que uma coisa é perdoar e outra é você realmente mudar, né?", rebateu a ex-Record.

"Acho que, com o tempo, eu posso te dizer se isso é legal porque ela é uma pessoa que eu sempre falei muito bem, sempre gostei muito e ela saiu falando só coisas desagradáveis sobre mim. Acho que não é legal. Não precisava. Se ela fez isso, que bom pra ela. Pra mim não faz diferença, mas que bom pra ela", pontuou.

Em novembro de 2021, Mara participou como jurada do Programa do Ratinho e satirizou um dos sucessos da loira para debochar da mãe de Sasha Meneghel. "Tá na hora, tá na hora, da lavagem cerebral. Eu ganhei um disco da Xuxa, eu virei um débil mental. Ilari, ilari, ilariê, ô", cantou no palco do SBT.

A atitude repercutiu mal na internet, e Mara foi acusada de usar uma expressão preconceituosa. Na época, Xuxa teve que vir a público se defender e condenar a atitude da "colega" de profissão.

Confira abaixo a entrevista de Xuxa Meneghel na íntegra:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.