YOUTUBER X PASTOR

Após registrar queixa por ameaças, Felipe Neto vai processar Silas Malafaia

Divulgação

O youtuber Felipe Neto

O youtuber Felipe Neto vai processar pastor Silas Malafaias por estimular onda de ameaças

REDAÇÃO - Publicado em 21/09/2019, às 11h02

Felipe Neto vai entrar com uma ação na Justiça contra Silas Malafaia. A rixa entre os dois é antiga, mas ganhou um novo episódio depois que o youtuber comprou e distribuiu gratuitamente obras com temática LGTBI durante a Bienal do Livro do Rio do Janeiro, no começo deste mês. O pastor está entre os desafetos do influenciador que criticaram a ação e estimularam uma onda de ameaças virtuais.

Na última quinta (19), Felipe Neto revelou que prestou queixa por causa das mensagens de ódio que vem recebendo. Ele já havia reforçado sua segurança pessoal e até declarou que tirou sua mãe do Brasil por medo de ataques.

"Protocolamos hoje a notícia-crime na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática referente a ameaças de morte que foram recebidas. Fica a prova para aqueles que duvidaram, mentiram e debocharam, alegando que seria tudo uma invenção", escreveu o youtuber no Twitter.

 A informação de que Felipe Neto processará Malafaia foi publicada neste sábado (21) pelo colunista Ancelmo Gois, no jornal O Globo.

Pelo Twitter, Silas Malafaia postou uma mensagem de repúdio em que chama o jornalista de "medíocre".

Homenagem

A notícia do processo é ventilada um dia depois de vir à tona que a Câmara dos Deputados indicou na última quarta (18) o influenciador digital para receber a Medalha de Mérito Legislativo pela distribuição dos 14 mil livros na bienal e pelo combate à homofobia.

"Ação de coragem e posição de liderança num cenário conturbado e marcado por tentativa de calar a diversidade com base em censura deve ser reconhecida e aplaudida", afirmou o ofício encaminhado e assinado pelo deputado federal Mário Heringer (PDT-MG).

Ação escancarada

Em agosto passado, Felipe Neto contou também pelo Twitter que está sendo processado por Malafaia. Em uma série de mensagens, ele disse que o pastor entrou com um processo criminal, mas que vai lutar contra ele e seguirá expondo acusações de esquemas homofóbicos.

"Silas Malafaia está me processando criminalmente, buscando minha condenação à prisão, simplesmente por eu ter acabado com seu esquema de boicotes à empresas que apoiam causas LGBT. Meu vídeo continua no ar, minha luta contra o processo será até o fim", postou o youtuber.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está curtindo o programa Se Joga?
Sim, é divertido e leve.
22.27%
Não é horrível, mas também não é bom.
26.34%
Não, achei muito ruim, uma vergonha.
27.00%
Prefiro A Hora da Venenosa.
24.40%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook