Fafy Siqueira

Aos 63 anos, atriz se surpreende com novo contrato na Globo: 'Achei que era trote'

João Miguel Júnior/TV Globo

A comediante Fafy Siqueira em Chapa Quente; ela estará na nova temporada de PopStar - João Miguel Júnior/TV Globo

A comediante Fafy Siqueira em Chapa Quente; ela estará na nova temporada de PopStar

FERNANDA LOPES - Publicado em 02/07/2018, às 06h00

Após dois anos longe da Globo, Fafy Siqueira está realizando um sonho: ela foi convidada para o elenco da nova temporada do PopStar, que tem estreia prevista para setembro. Fã do programa, ela ficava grudada na TV aos domingos para assistir. Tanto que, quando recebeu o telefonema da produção da emissora, achou que fosse trote _não imaginava que haveria espaço no reality musical para alguém de sua idade, 63 anos.

"Uma produtora me ligou, e eu até achei que era trote. Eu via aquilo todo domingo. Gostava tanto do programa que meus amigos reclamavam que eu não saía mais pra almoçar, não fazia nada enquanto não acabasse. Mas sinceramente achei que eles não iam chamar uma pessoa da minha idade, da minha geração, galera dos 60 [anos]. Não ia rolar, nunca pensei. Mas a produtora disse: 'A gente sabe que você vai fazer a diferença'. Fiquei muito orgulhosa", conta.

Fafy está começando agora a se preparar para o programa. Na quinta-feira (28), teve a primeira reunião nos Estúdios Globo, para falar sobre repertório. "Procuro [fazer] uma coisa bem popular. Vou cantar coisas pro povo mesmo", promete.

Antes de fechar com o PopStar, Fafy chegou a negociar sua participação no Show dos Famosos. Lamenta que não tenha dado certo, porque acha que o quadro do Domingão do Faustão é "a sua cara", mas acredita que pode ter havido uma combinação de elencos entre as duas produções, que têm premissas parecidas.

Mesmo no período em que ficou afastada da Globo (seu último trabalho havia sido uma participação em Chapa Quente, em 2016), ela continuou ligada na emissora. Não perde um capítulo de Orgulho e Paixão e Deus Salve o Rei, por exemplo, e confessa que até gostaria de ter feito um papel na novela das sete.

"Sou noveleira pra caramba. Entrei no Globo Play só pra não perder os capítulos de Deus Salve o Rei. No meio da novela, apareceram vários papéis para gente mais velha. Essa personagem Margô (Cristina Mutarelli), se eu soubesse que a Claudia Jimenez não faria, teria me oferecido. É a minha cara. A Cristina fez muito bem, mas é isso. Sempre tem uma coisa pra você fazer [na TV, mesmo mais velha]", explica.

Cantora e comediante
Após Fafy aceitar o convite do PopStar, bateu o nervosismo. A atriz fará no programa algo que não faz há muito tempo, que é cantar como ela mesma, sem representar uma personagem. Cantora profissional desde os anos 1970, Fafy é da mesma geração de Joana e Marina Lima, mas diz que sofreu muito machismo e não conseguiu se desenvolver na música como gostaria.

"Eu queria cantar rock. E a produção [dos festivais] falava: 'Não, você é uma cantora romântica'. Eu não queria cantar porra nenhuma romântica. Fiz um monte de testes para bandas nos anos 1970, e às vezes chegavam pra mim e diziam que não ia dar, preferiam que fosse um homem. Eu vim de uma geração muito machista, eram os homens que vendiam disco, que faziam isso e aquilo", lembra.

Foi em meio às dificuldades que ela começou a compor músicas para trilhas sonoras e para outros artistas _teve canções gravadas por Xuxa, Sandy & Junior e Sandra de Sá, por exemplo.

Fafy começou a atuar no teatro em 1984 e logo se destacou como comediante. Na TV, teve papéis em 33 produções, como Cobras & Lagartos (2006), Sangue Bom (2013) e a minissérie Dercy de Verdade (2012), em que viveu a protagonista.

Para voltar à Globo, ela rejeitou um papel no próximo filme de Danilo Gentili, no qual havia sido convidada para trabalhar. A agenda do PopStar coincidiria com as gravações do longa. Antes de começar o programa musical, Fafy atuou no longa Rir pra Não Chorar como a mãe do personagem de Rafael Cortez e também estava desenvolvendo uma peça em que mistura canto e histórias de divas da música.

Agora, a prioridade é o PopStar, mas Fafy ainda tem outros sonhos que quer realizar na TV. "O Roberto Carlos nunca me convidou pra fazer nada no show [de fim de ano, na Globo] dele. Meu sonho seria participar, ou que ele cantasse uma música minha. E falta também trabalhar com duas pessoas por quem eu sou apaixonada, a Laura Cardoso e a Nicette Bruno. Até pagaria pra fazer um trabalho com a Nicette", brinca.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook