Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VOTAÇÃO RECORDE

Jade Picon supera Laís e lidera ranking de rejeição do BBB 22; veja números

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

Montagem com imagens de Jade Picon (à esq.) e Laís Caldas no Bate-Papo com o Eliminado

Jade Picon e Laís Caldas no Bate-Papo com o Eliminado; influenciadora lidera rejeição do BBB 22

PAOLA ZANON

paola@noticiasdatv.com

Publicado em 27/4/2022 - 6h25

Laís Caldas foi eliminada do BBB 22 com 91,25% dos votos e entrou para a lista das dez maiores porcentagens de rejeição do programa, além de ter batido o recorde da edição. Mas isso não quer dizer que ela levou o maior número de votos do público para sair --a verdadeira líder desse ranking é Jade Picon.

O paredão entre a influenciadora digital, Arthur Aguiar e Jessilane Alves bateu o recorde de participações da edição, com quase 700 milhões de votos --mais de meio bilhão a mais do que a berlinda entre a médica, Douglas Silva e Eliezer Netto. 

Em números absolutos, isso significa que, com a porcentagem de 84,93%, Jade recebeu quase 593 milhões de votos para deixar o reality show da Globo, enquanto Laís recebeu "apenas" pouco mais de 140 milhões de votos quando foi eliminada.

Ou seja, teve muito mais gente empenhada em eliminar a milionária do que em tirar da casa a dermatologista --que inclusive, não fica nem entre os três mais votados da edição.

Uma grande surpresa também é o "favoritismo" de Natália Deodato. Apesar de ter recebido uma porcentagem parecida à dos lollipoppers, a mineira recebeu pouco mais de 28 milhões de votos para sair. Ela perde apenas para Luciano Estevam, que fez parte do paredão com o menor número de votos de toda a edição.

O maior paredão da história do reality show, que entrou até para o Livro dos Recordes, aconteceu no BBB 20 entre Manu Gavassi, Felipe Prior e Mari González, com 1,5 bilhão de votos e a derrota do arquiteto. 

No BBB 21, o recorde ficou a cargo da berlinda entre Sarah Andrade, Rodolffo Matthaus e Juliette Freire, com 654 milhões de participações. Quem levou a pior foi a brasiliense, que desbancou a rejeição até mesmo de Karol Conká.

Confira abaixo o ranking de rejeição por número de votos do BBB 22:

  1. Jade Picon - 84,93%: 592 milhões (592.980.477 de 698.199.078 votos totais)
  2. Jessilane Alves - 63,63%: 259 milhões (259.343.841 de 407.581.080 votos totais)
  3. Eliezer Netto - 65,76%: 182 milhões (182.866.942 de 278.082.333 votos totais)
  4. Laís Caldas - 91,25%: 143 milhões (143.317.493 de 157.060.266 votos totais)
  5. Bárbara Heck - 86,02%: 90 milhões (90.942.992 de 105.723.079 votos totais)
  6. Pedro Scooby - 55,95%: 86 milhões (86.269.316  de 154.190.021 votos totais)
  7. Naiara Azevedo - 57,77%: 85 milhões (85.123.569 de 147.349.091 votos totais)
  8. Gustavo Marsengo - 81,53%: 80 milhões (80.913.358 de 99.243.663 votos totais)
  9. Larissa Tomásia - 88,59%: 79 milhões (79.875.182 de 90.162.753 votos totais)
  10. Brunna Gonçalves - 76,18%: 69 milhões (69.536.267 de 91.278.902 votos totais)
  11. Linn da Quebrada - 77,60%: 64 milhões (64.850.039 de 83.569.638 votos totais)
  12. Rodrigo Mussi - 48,45%: 58 milhões (58.451.197 de 120.642.306 votos totais)
  13. Vyni Fernandes - 55,87%: 41 milhões (41.252.509 de 73.836.602 votos totais)
  14. Eslovênia Marques - 80,74%:40,2 milhões (40.201.956 de 49.791.871 votos)
  15. Lucas Bissoli - 77,54%:40 milhões (40.072.546 de 51.679.838 votos totais)
  16. Natália Deodato - 83,43%: 28 milhões (28.252.058 de 33.863.189 votos totais)
  17. Luciano Estevam - 49,31%: 15 milhões (15.040.152 de 30.501.221 votos totais)

Saiba tudo sobre o BBB 22 com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#74 - Como será o futuro dos ex-BBB22?" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo sobre reality show:


Últimas de BBB22

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.