Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PÓS-CONFINAMENTO

Cancelados na internet, homens do BBB20 perdem dinheiro com quarentena

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Imagem de Hadson Nery, Guilherme Napolitano, Lucas Gallina, Felipe Prior e Petrix Barbosa na frente do quarto do líder no BBB20

Hadson Nery, Guilherme Napolitano, Lucas Gallina, Felipe Prior e Petrix Barbosa posam para foto no BBB20

REDAÇÃO

Publicado em 30/4/2020 - 5h18

O pós-reality não tem sido lucrativo para os homens que participaram do BBB20. Os ex-confinados normalmente aproveitam a eliminação e o fim do programa para lucrar com a fama repentina por meio de presenças VIP em festas e publicidade nas redes sociais. Em tempos de quarentena, só restam os "publis", como são chamados os posts pagos, mas nem isso os mais novos ex-brothers estão conseguindo. Cancelados na internet por deslizes durante o programa (ou fora), eles enfrentam resistência das marcas.

Com exceção de Guilherme Napolitano, o time masculino de ex-BBBs não tem ostentado nenhum "publipost" no feed do Instagram, como costuma acontecer com qualquer ex-confinado. O modelo paulista, um dos menos cancelados na casa, fechou algumas parcerias com marcas de roupas e, por ter saído antes do período da quarentena, conseguiu marcar presença em alguns eventos de São Paulo.

Nem mesmo os meninos do camarote estão se dando bem após o show de machismo que deram. Lucas Chumbo e Petrix Barbosa foram os primeiros a sair da casa, mas o surfista logo se ocupou com campeonatos de ondas gigantes em Portugal, enquanto o ginasta preferiu ficar longe dos holofotes ao enfrentar um inquérito por causa das acusações de assédio cometido dentro do programa.

Terceiro eliminado, Hadson Nery pensou que iria abalar as festas em Belém (PA), sua cidade natal. Em vez disso, acabou vaiado em sua primeira tentativa de presença VIP em um bar. O ex-jogador de futebol afirmou que ganhou uma cirurgia de implante de cabelo em uma clínica estética na Turquia, mas ainda não realizou a viagem por causa do novo coronavírus.

Lucas Gallina, além do machismo, também foi cancelado na web por mesquinharia e recebeu o apelido "zero estaleca" dentro e fora da casa. O fisioterapeuta ainda pegou a época em que as pessoas podiam sair de casa e marcou presença em um camarote no Carnaval do Rio de Janeiro ao lado de sua namorada, Juliana Xavier. Ao voltar para Santa Catarina, não foi visto em mais nenhuma festa.

Apesar de ser protagonista no paredão que bateu mais de 1,5 bilhão de votos, Felipe Prior caiu em desgraça ao ser alvo de denúncias de estupro logo que deixou o programa e, assim como os amigos, não fechou nenhum acordo publicitário para o seu Instagram. Apenas realizou sorteios de celular e distribuiu cupons de desconto de algumas marcas de roupa.

Victor Hugo Teixeira não fez nenhuma parceria comercial e não marcou presença em eventos públicos. Pyong Lee e Daniel Lenhardt, que se desculparam pelos erros cometidos dentro da casa, chegaram a fazer publicidade para uma agência de viagem nas redes sociais, mas pararam por aí. Os dois foram os primeiros a deixar o programa após o início da quarentena.

O único homem que seu deu bem foi Babu Santana, que parou para escutar as mulheres, levantou a bandeira do racismo e sobreviveu até a semifinal do programa. Do lado de fora, o ator já recebeu convites de autores, empresários e produtores para atuar e cantar, além de ter faturado um carro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos sobre o Big Brother Brasil e também revelações exclusivas de novelas!

Últimas de BBB20

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Após derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na GloboRenascer no Globoplay: Saiba por onde anda o elenco da novela 28 anos depois

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas