BABU E RAFA FICAM

BBB20: Pyong é eliminado com 51,70% de rejeição; grupo aliado fica em choque

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Pyong Lee em uma de suas últimas participações na sala do BBB20

Pyong Lee foi eliminado no oitavo paredão do BBB20 nesta terça (17): ele saiu na disputa contra Babu e Rafa

REDAÇÃO - Publicado em 17/03/2020, às 23h37 - Atualizado às 23h59

Pyong Lee foi eliminado do BBB20 com 51,70% dos votos e saiu do confinamento nesta terça (17). O hipnólogo foi rejeitado pelo público em uma disputa apertada com Babu Santana, escolhido por 47,71% dos votantes, e Rafa Kalimann, eleita por apenas 0,59% dos internautas. A saída do ilusionista causou espanto no grupo dominante na casa, que era aliado a ele.

Antes do discurso de eliminação, Tiago Leifert informou aos telespectadores que foram 385 milhões de votos. O apresentador voltou a dizer que os participantes devem tentar escapar da berlinda, o que Pyong não fez essa semana.

"Eu vou começar falando da Manu, que quando voltou do paredão falou que foi a emoção mais maluca da vida, ela chorou na grama. É um sentimento muito comum. A Flay sentiu isso quando ela abriu a última portinha no domingo e escapou do paredão, voltar do paredão é sempre maluco", começou Leifert.

"Quando você volta, a sensação de que as pessoas gostaram de você é ótima. Mas não se enganem, paredão é o momento de maior vulnerabilidade no jogo. É o público que dá e tira. Quando você se coloca no paredão, se você jogou certo, foi brilhante. Se jogou errado, é outra coisa. Rafa, você fica. Babu, você também", anunciou o apresentador.

Após o resultado, Pyong ficou com a aparência tranquila e recebeu abraços de todos. Manu Gavassi ficou em choque; Ivy Moraes e Gizelly Bicalho choraram copiosamente antes do brother deixar a casa. Assista ao momento abaixo:

"Ohana quer dizer família. Família quer dizer nunca mais abandonar ou esquecer. E só tenho certeza de uma coisa: toda terça alguém sai por essa porta, e eu espero que não seja um de nós. Estou orgulhoso do que eu fiz aqui dentro, aproveitem as festas e tudo aqui dentro", disse o hipnólogo, já no jardim da casa, antes de sair.

Pyong não foi recebido por torcida, já que o BBB20 não terá mais plateia na tentativa de conter o avanço do novo coronavírus. No estúdio com Leifert, o ilusionista explicou o motivo de ter pedido para ser emparedado. "Eu segui o que eu acreditava. Eu preferi ir eu para o paredão, eu estava confiante, não quis a imunidade porque isso iria colocar outra pessoa que eu gosto. Eu fiz a minha jogada".

O público que participou da enquete do Notícias da TV, que teve quase 1,1 milhão de votos, já indicava preferência pela saída de Pyong.

Na última semana, o hipnólogo falou em conversas que, caso público aprovasse o jogo e as atitudes de Babu e Felipe Prior, ele preferia deixar o jogo. Além disso, demonstrou confiança no palpite de que era o ator quem sairia da disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. A "soberba" de Pyong foi o motivo apontado por Prior, o líder da semana, para indicá-lo.

Marcela Mc Gowan, Daniel Lenhardt, Gizelly Bicalho, Manu Gavassi e Ivy Moraes, que fazem parte da "comunidade hippie", até então liderada pelo ilusionista, foram os que mais ficaram chocados com a decisão do público e não entenderam a eliminação do pai de Jake Lee. O "grupão" ainda criou a teoria de que pode ser um paredão falso e que Pyong vai voltar para o jogo.

Últimas de BBB20

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook