CONTINUA NO CONFINAMENTO

BBB19: Globo nega proteção a Paula em inquérito sobre intolerância religiosa

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Alvo de inquérito que apura declarações de intolerância religiosa, Paula não sairá do BBB19 para prestar depoimento - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Alvo de inquérito que apura declarações de intolerância religiosa, Paula não sairá do BBB19 para prestar depoimento

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 14/03/2019, às 11h59

A Globo negou proteção a Paula von Sperling no inquérito que apura declarações de intolerância religiosa da participante no BBB19. De acordo com a emissora, a decisão de ouvir a mineira só depois de que ela fosse eliminada do confinamento, ou quando o reality show chegasse ao fim, partiu da própria Polícia Civil do Rio de Janeiro.

"Não houve acordo [com a Polícia Civil]. A TV Globo sempre colabora com as autoridades, que têm a decisão final sobre como realizar as diligências referentes aos participantes. A emissora se reserva o direito de decidir pela exclusão do participante, caso por razões legais seja necessária sua saída da casa do BBB, como permite o regulamento do programa", diz a Globo em nota enviada ao Notícias da TV.

De acordo com o delegado do caso, Gilbert Stivanello, a decisão foi tomada para não prejudicar Rodrigo França, suposta vítima das declarações de Paula. O inquérito só prossegue se o dramaturgo disser que se sentiu ofendido pela mineira.

"Imagina tirar a vítima [Rodrigo] do programa para saber se ele quer representar contra Paula? Ele, que acabaria expulso da disputa, seria vítima duas vezes. Preciso saber da Paula qual foi a intenção dela quando proferiu as falas. Ela terá que depor assim que sair do programa. Acordei com a emissora que, na medida em que forem saindo, ela e Rodrigo devem ser intimados", explicou o titular da Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) ao jornal Extra.

Assista ao vídeo em que Paula diz ter medo de colocar Rodrigo no paredão "porque ele mexe com esses treco, de Oxum deles lá":

Vanderson expulso

Expulso do BBB19 em janeiro para prestar depoimento em inquéritos que apuravam denúncias de estupro, lesão corporal e importunação ofensiva ao pudor, Vanderson Brito se disse "injustiçado" após a decisão de fazer Paula depor só depois de deixar o confinamento.

"Sou contra qualquer tipo de seletividade, principalmente porque fui injustiçado dentro do BBB. Hoje li a confirmação de que a sister confinada Paula será intimada a depor na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) após deixar a casa do Big Brother", escreveu o acreano em seu Instagram na quarta (13).

"Paula está sendo acusada de racismo e intolerância religiosa por causa das suas declarações no programa. Segundo a Polícia, as 'investigações estão em andamento'. Isso só depois de ser eliminada ou se sagrar campeã do game que vai acontecer nas vias de fato. A regra não deveria valer para todos? Existe proteção?", questionou Vanderson, que publicou uma sequência de vídeos na sua rede social.

Os casos policiais do biólogo são investigados pela Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Rio Branco, no Acre, que já arquivou o inquérito que apurava uma denúncia de estupro contra ele. Os casos de lesão corporal e importunação ofensiva ainda são investigados, mas não há processos abertos contra Vanderson. Assista ao vídeos publicados pelo acreano:

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Jamais na vida iria consentir com algo do tipo, o vídeo não precisa de muita legenda, o carrossel de vídeos com meu desabafo fala por si só. Sou contra qualquer tipo de seletividade, principalmente porque fui injustiçado dentro do @bbb. Hoje na @colunapatriciakogut do @jornaloglobo (veículo que pertence ao Grupo Globo) li a confirmação de que a sister confinada @paulasperlingreal será intimada a depor na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) após deixar a casa do Big Brother. Ela está sendo acusada de racismo e intolerância religiosa por causa das suas declarações no programa. Segundo a polícia, as "investigações estão em andamento". Isso só depois de ser eliminada ou se sagrar campeã do game que vai acontecer nas vias de fato. A regra não deveria valer para todos? Existe proteção? Essa resposta eu deixo na mão de vocês. 🐷📺🚓 . . . . . . . . . . . . #ForçaVanderson #TeamVanderson #TimeVanderson #RedeBBB #BBB19 #BBB #BBB2019 #VandersonBrito #BigBrotherBrasil #BigBrother #RedeGlobo #TVGlobo #GShow #SejamosLuz #Acre #RioBranco #Indigenas #PovosIndigenas #Indios #IndiosBrasileiros #Sensei #Aikido #VillaMix #Gaiola #BaileDaGaiola #PatriciaKogut #JornalOGlobo

Uma publicação compartilhada por Vanderson Brito ▪️ OFICIAL (@vandersonbrito) em

Últimas de BBB19

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual sua novela preferida atualmente?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook