Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ITÁLIA CAMPEÃ

Com final da Eurocopa, Globo tem mais ibope do que no Brasileirão; veja índices

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Galvão Bueno nos estúdios da Globo no Rio de Janeiro, com camisa azul e calça marrom, apresentando a Eurocopa na Globo

Galvão Bueno com Caio Ribeiro e Júnior na transmissão da final da Eurocopa entre Itália e Inglaterra

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 11/7/2021 - 19h06

A Globo se deu bem ao adiantar o futebol brasileiro para sábado (10) e investir na final da Eurocopa neste domingo (11). A partida entre Itália e Inglaterra fez a audiência da emissora crescer e, na Grande São Paulo, principal referência para o mercado publicitário, teve mais público do que as partidas do Brasileirão exibidas na mesma faixa.

Segundo dados prévios obtidos pelo Notícias da TV, o jogo narrado por Galvão Bueno com comentários de Caio Ribeiro e Júnior marcou 20 pontos de média, com picos de 26, das 16h às 18h54. No mesmo horário, o SBT marcou 8 pontos com o programa de Eliana, a Record obteve 7 com Rodrigo Faro, e a Band teve com 1 ao exibir o Show do Esporte.

No domingo anterior (4), com Sport x Palmeiras pelo Brasileirão, a Globo havia registrado 16,9 pontos. Uma semana antes, em 27 de junho, com Fluminense x Corinthians, a audiência tinha sido de 16,1.

O jogo teve público similar ao da final da Copa América entre Brasil x Argentina exibida pelo SBT no sábado (10) --a partida no SBT marcou 20 pontos, mas foi exibida em horário nobre, quando mais pessoas estão ligadas diante da TV.

O índice ficou um pouco abaixo ao da transmissão da Globo da final da Eurocopa 2016, entre Portugal x França, que havia marcado 21 pontos. Na ocasião, a Band também exibia o jogo e conseguiu 7 pontos.

Público crescente

Itália x Inglaterra começou o primeiro tempo com 15 pontos. Durante a etapa inicial, seu desempenho foi crescendo, e a Globo chegou a picos de 18 pontos na capital paulista. A média do primeiro tempo foi de 17 pontos, contra 7 do SBT e 5 da Record.

Neste período, Galvão Bueno chamou a atenção do público com piadas "de tiozão". Chegou a fazer um trocadilho com o nome do atacante italiano Ciro Immobille --que, segundo ele, estava "sem mobilidade".

No segundo tempo, a audiência subiu ainda mais em São Paulo, e a Globo variou entre 19 e 21 pontos. SBT e Record se mantiveram no mesmo patamar.

Na prorrogação e nos pênaltis, a audiência disparou. No tempo extra, ficou entre 22 e 23 pontos. Já nas penalidades máximas, a Globo chegou a atingir 26 pontos de audiência em São Paulo quando Gianluigi Donnarumma fez a defesa que deu o título ao clube. 

No Rio de Janeiro, a final da Eurocopa marcou 22 pontos. Houve queda em relação à semana passada, quando a Globo mostrou o clássico Flamengo x Fluminense -- que havia registrado 27 pontos.

Os dados consolidados serão divulgados nesta segunda (12).


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?