Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

45 ANOS DE CARREIRA

De Chiquititas a filme pornô: Quem foi Mateus Carrieri antes de A Fazenda 12?

REPRODUÇÃO/RECORD

Mateus Carrieri, com expressão calma, olha para câmera em A Fazenda 12

Mateus Carrieri em A Fazenda 12; antes do reality, ele já tinha longa trajetória pela televisão

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 31/10/2020 - 7h05

Muitos telespectadores de A Fazenda 12, principalmente os mais jovens, podem estar conhecendo Mateus Carrieri só agora, com a participação dele no programa. O ator tem se destacado por sua postura sensata e comedida na atração, mas nas décadas anteriores ele ficou famoso por seus papéis em novelas, seus barracos em outro reality show e por sua empreitada na indústria pornográfica.

Com apenas seteanos, Carrieri começou sua carreira na TV. Ele fez parte do Programa Silvio Santos, como jurado infantil do quadro Boa Noite Cinderela. Ainda na infância fez sua primeira novela e, nos anos 1980, foi ator da Globo.

Mas, a partir dos anos 2000, Carrieri tomou outros rumos. Participou da primeira edição da Casa dos Artistas, na qual causou muito com outros competidores. Também fez filmes pornôs e posou nu para ensaios de fotos de uma revista --trabalhos dos quais ele se arrepende.

Relembre (ou conheça) a trajetória de Mateus Carrieri antes de se tornar o "paizão" de A Fazenda 12:

reprodução/facebook

Com Mayara Magri em Amor Com Amor Se Paga

Ator de novelas

Mateus Carrieri começou a carreira como ator na extinta TV Tupi, na novela Um Dia, O Amor (1975), aos oito anos de idade. Fez mais quatro novelas na emissora e outras quatro na Band até ser contratado pela Globo, onde foi rapidamente alçado à categoria de galã em Amor Com Amor Se Paga (1984), com apenas 17 anos.

Ele fez mais três novelas na Globo: De Quina Pra Lua (1985), Salomé (1991) e Vira Lata (1996). Também atuou na Record, em Estrela de Fogo e Louca Paixão, e voltou ao SBT em 2011, no elenco de Amor e Revolução.

reprodução/sbt

Com Carla Diaz em cena de Chiquititas

Chiquititas

Em 1997, Carrieri teve um papel marcante para o público infantil da época. Ele viveu Miguel, pai de Mili (Fernanda Souza), a protagonista de Chiquititas. O personagem usava uma máscara em metade do rosto, porque havia ficado com a face deformada após ter sobrevivido à explosão de um avião. Em 2014, ele fez uma participação especial na nova versão de Chiquititas no SBT, no papel do pai de Clarita (Letícia Navas).

reprodução/SBT

Com Silvio Santos e elenco da Casa dos Artistas

Casa dos Artistas

Carrieri aceitou o convite do SBT para participar da primeira edição da Casa dos Artistas, que estreou há exatos 19 anos. Ele ficou conhecido como um dos barraqueiros do programa, por arrumar brigas constantes e perder o controle. Num desses episódios, o ator discutiu feio com a cantora Patricia Coelho e chutou uma cadeira reclinável na área da piscina. Confira vídeo desse momento:

Hoje, no entanto, Carrieri prefere deixar essa experiência para trás. Ele diz que não tinha ideia do que seria o programa, que foi o primeiro reality desse estilo no Brasil. "A gente pensava que não ia para o ar, porque achava tudo muito chato (risos). A gente não sabia como era a edição do programa. Para quem assistia --depois a gente viu isso-- o programa era dinânico. Tinha trilha sonora, corte, romance. Para nós lá dentro, não fazíamos porra nenhuma naquela casa (risos)", disse ele em entrevista ao Notícias da TV.

reprodução/g magazine

Com seu filho Kaíke, com quem posou nu

Brasileirinhas e G Magazine

Após sair da Casa dos Artistas, Carrieri foi convidado para posar nu para a revista G Magazine e aceitou, não só uma, mas quatro vezes. Em um dos ensaios, posou ao lado de seu filho mais velho, Kaíke. Em entrevista ao programa De Frente com Gabi, o ator admitiu que não se orgulha disso. "Esse foi um trabalho de que me arrependo muito. Foi o maior equívoco", falou.

Nos anos 2000, Carrieri teve outra empreitada no erotismo: virou ator de filmes pornográficos da produtora Brasileirinhas. Fez três longas, entre 2006 e 2007, e também se arrependeu. Diz ter perdido convites para papéis em novelas por causa disso.

"Às vezes,  [esse assunto] me deixa chateado. Eu vejo notícias e chamadas, e parece que minha carreira se resumiu a isso. Isso e Casa dos Artistas. Foi legal, mas não foi só isso que eu fiz a vida inteira. Essa coisa de filme [adulto] já foi, me arrependi, não deveria ter feito. Mas todo já fez alguma opção profissional que se arrepende. Foi o meu caso, não preciso ser crucificado o resto da vida por isso", afirma.

Reprodução/Instagram

Carrieri também dá aula de ginástica

Outras carreiras

Mesmo após as polêmicas de sua carreira, Carrieri não se acomodou e continuou buscando novos caminhos e mudando novamente seus rumos. Nos últimos anos, ele tem feito trabalhos como dublador, se tornou professor de ginástica e continua atuando --antes da pandemia, viajou dois anos com uma peça de teatro. "Basicamente tenho essas três atividades, que são as que me sustentam", declarou em abril ao Notícias da TV, antes de ter o prêmio de A Fazenda 12 em vista.


Últimas de A Fazenda 12

Leia também

Web Stories

+
De série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrenta

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?