Vai imitar Faustão

Xuxa confirma Dança dos Famosos e usa a mãe para ficar no Rio de Janeiro

Reprodução/RecordTV

Xuxa com sua mãe, Alda Meneghel, em seu programa na Record em setembro de 2015 - Reprodução/RecordTV

Xuxa com sua mãe, Alda Meneghel, em seu programa na Record em setembro de 2015

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/01/2017, às 06h25

O programa de Xuxa em 2017 vai ficar parecido com o de Fausto Silva na Globo. A começar porque a loira terá uma versão da Dança dos Famosos, maior sucesso do Domingão. Segundo, porque a atração vai ter diferentes formatos ao longo do ano, em esquema de temporadas, como Faustão faz, por exemplo, com o Ding Dong.

Também já está definido que Xuxa vai começar o ano gravando seu programa no Rio de Janeiro. Ela usou a doença da mãe, Alda Meneghel, que sofre de Mal de Parkinson, para sensibilizar a diretoria da Record e continuar trabalhando no Rio, onde mora. Dona Alda vive na casa de Xuxa e é constantemente assistida por enfermeiros. Em 2014, ela resistiu a dois AVCs (Acidentes Vasculares Cerebrais). No ano passado, foi internada com infecção urinária.

A decisão de continuar gravando no Rio deverá adiar a volta do Xuxa Meneghel em algumas semanas. Isso porque o estúdio em que a apresentadora estava gravando até dezembro, no antigo RecNov, ficará até o final de março ocupado com cenários de novelas. A Record diz que a atração retorna em março.

Xuxa terá uma reunião com a direção da Record na próxima segunda (16) para definir detalhes de seu programa neste ano, que continuará às segundas-feiras.

Com o título provisório de Dançando com as Estrelas, a Dança dos Famosos de Xuxa será o primeiro formato de seu programa em 2017. Serão 13 episódios de uma competição de dança entre artistas em formato parecido com o de Fausto Silva, com produção da EndemolShine. Assim como a atração da Globo, o show de Xuxa deverá ter outros quadros menores, com a dança de carro-chefe.

Depois de Dançando nas Estrelas, Xuxa terá ter um novo formato, já em negociação com a Eyeworks, produtora do Programa do Porchat. A realização de seu programa também poderá mudar de mãos. Ou seja, além de ter temporadas de formatos, Xuxa poderá ser produzida por diferentes empresas ao longo do ano. Sob a Eyeworks, novamente terá que negociar sua permanência no Rio.

A equipe de produção de Xuxa foi toda demitida no final de 2016 pela Cygnus, produtora ligada à Casablanca, que administra os estúdios da Record no Rio. Os profissionais têm prioridade de contratação pela nova produtora do programa de Xuxa, no caso a EndemolShine. Se a produção do Xuxa Meneghel mudar da Endemol para a Eyeworks, os funcionários serão novamente demitidos e recontratados.

Ramón vasconcelos/tv globo

Carol Agnelo e Rodrigo Simas dançam samba na final da Dança dos Famosos de 2016

Conflito com a Globo
O formato de Dançando com as Estrelas foi comprado pela Record da rede britânica BBC e será produzido pela mesma empresa que licencia o formato da Dança dos Famosos para a Globo, a EndemolShine, o que poderá resultar em conflitos até judiciais, como o Notícias da TV antecipou em dezembro.

A negociação foi intermediada pela própria Endemol, que tem exclusividade sobre os formatos da BBC no Brasil. A Endemol nega que tenha participado das conversas entre a Record e a TV inglesa; diz que é "apenas produtora da BBC" no país e que segue as determinações da parceira.

O contrato em que a Record adquire os direitos de sua versão da Dança dos Famosos foi assinado no final do ano passado, e o programa está em pré-produção. O nome original do formato é Strictly Come Dancing, muito parecido com o da Dança dos Famosos da Globo: Strictly Dancing. Os dois pertencem à BBC. O Strictly Come Dancing gerou o Dancing with the Stars, em cartaz na ABC, dos Estados Unidos, desde 2005.

A EndemolShine se envolveu no ano passado em uma negociação nebulosa para a produção de uma minissérie sobre a banda Mamonas Assassinas. A Endemol iria produzir a obra, mas, como é multinacional e não pode usar recursos públicos, registrou a documentação na Ancine (Agência Nacional do Cinema) em nome da OSS Produções.

A OSS empresa tem como endereço a casa de Juliana Alganaraz, principal executiva da multinacional holandesa no Brasil. E pertence ao marido dela. Após a publicação de reportagem do Notícias da TV, em maio, a Ancine passou a investigar os contratos, e a produção de Mamonas Assassinas foi cancelada.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

 

+ Lidas

Bloco de Notas

Sean Penn na TV

Sean Penn em O Franco-Atirador (2015), seu mais recente trabalho no cinema - Divulgação/Open Road Films O ator Sean Penn, duas vezes vencedor do Oscar (Milk: A Voz da Igualdade, Sobre Meninos e Lobos), será o protagonista de The First, série da plataforma Hulu desenvolvida por Beau Willimon, criador de House ... Leia +

Leia todas as notas

Enquete

O Emmy foi...

Redes sociais

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook
Fechar
Click Click