Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PROGRAMA DA MAISA

Whindersson Nunes diz que sofre de depressão há 4 anos: 'Estava sem rumo'

REPRODUÇÃO/SBT

Whindersson Nunes em participação no Programa da Maisa, do SBT, neste sábado (7)

Whindersson Nunes sofre de depressão há quatro anos, mas somente em 2019 iniciou o tratamento

GABRIEL PERLINE

Publicado em 7/9/2019 - 14h46

Whindersson Nunes revelou que sofre de depressão há quatro anos. Em entrevista a Maisa Silva, no Programa da Maisa neste sábado (7), no SBT, o youtuber contou que se trancou no quarto de um hotel após um show em Aracaju, em 2015, começou a chorar após e questionou Deus sobre o motivo de ele fazer sucesso. "Estava sem rumo", disse.

"Em 2015, em Aracaju, fiz duas sessões. Tinha muita gente, muito dinheiro. Fui para o hotel e comecei a chorar. Perguntei pra Deus por que estava ganhando dinheiro e por que eu estava famoso? Ficava na minha cabeça que eu tinha coisas que outras pessoas não tinham. Estava sem rumo e sem sentido", desabafou.

Neste momento, Whindersson não identificou que já estava com depressão e demorou para buscar ajudar. Somente neste ano, após algumas crises, ele iniciou um tratamento psiquiátrico. Cancelou shows, ficou afastado das redes sociais por alguns dias e retornou ao trabalho somente quando se estabilizou.

"Quando publiquei aquele tweet sobre depressão, um monte de gente achou que tinha começado ali, e claro que não foi. Homem tem disso. Acha que terapia é besteira. [A depressão] É um negócio que vem de muito tempo. E a minha esposa [Luísa Sonza] já falava pra mim sobre isso muito tempo", comentou.

O comendiante disse que a fama nunca foi um objetivo de vida, embora desde pequeno soubesse que tinha habilidade para o humor.

"Desde criança eu tenho pra mim que não sou especial, não sou escolhido. Não acho que Deus apontou o dedo pra mim e me escolhou. Acredito no contrário, que ele apontou o dedo na minha cabeça e na de todo mundo que está aqui", comentou, arrancando aplausos da plateia.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou dos participantes do BBB21?