Retrospectiva Pânico

Vovó, Homem-Bambu e Zina: por onde andam personagens obscuros do Pânico?

Reprodução/RedeTV!

Zina e Vovó da Fiel: dois personagens corintianos que fizeram muito sucesso no Pânico - Reprodução/RedeTV!

Zina e Vovó da Fiel: dois personagens corintianos que fizeram muito sucesso no Pânico

REDAÇÃO - Publicado em 19/12/2017, às 06h15

Ao longo de 14 anos na TV, o Pânico teve dezenas de personagens que conquistaram o público, popularizaram bordões e se tornaram símbolo do humor sem noção. No entanto, alguns desses personagens do programa, que terá sua última edição na Band no próximo dia 31, nunca mais voltaram à atração e ficaram totalmente esquecidos.

É o caso do Homem-Bambu, criado para fazer "companhia" à Mulher Samambaia, apelido da panicat Danielle Souza. Interpretado pelo modelo Marcelo Jakybales, ele até posou nu para uma revista masculina.

O Pânico também fez muita gente dar risada com as peripécias de Zina, transformado em personagem após uma frase engraçada em uma reportagem. A carreira dele no humor não durou muito: Zina chegou a ser preso e nunca mais voltou para a TV.

Relembre cinco personagens esquecidos após o Pânico:

reprodução

O modelo Marcelo Jakybales foi o Homem-Bambu, símbolo sexual masculino do Pânico

Homem-Bambu
Em 2003, o modelo Marcelo Jakybales foi contratado para interpretar o Homem-Bambu, uma tentativa de "equilibrar" a quantidade de mulheres que apareciam com roupas curtíssimas no programa, as panicats e Sabrina Sato. O personagem fez sucesso, principalmente com o público gay. Jakybales conseguiu até virar capa de uma revista masculina.

Porém, o ensaio não agradou aos demais integrantes do programa. Após a revista ser publicada, o Pânico promoveu uma votação em que o público deveria escolher se o Homem-Bambu deveria ou não continuar na atração. Ao vivo, ele levou a pior na votação e foi retirado do palco pela Marlene Mattos do Pânico. Hoje, se apresenta em festas e é personal trainer.

divulgação

A locutora de rádio Monica Souza furou até a segurança da Band vestida de Marlene Mattos

Marlene Mattos
A locutora de rádio Monica Souza já era fã do Pânico no rádio antes da estreia na TV. Tanto que ia aos estúdios da Jovem Pan ver como o programa funcionava e acabou ficando amiga dos integrantes, que a achavam parecida com a ex-diretora da Globo Marlene Mattos.

Monica acabou entrando para o elenco do programa, e sua caracterização era tão boa que a personagem enganou muita gente. Ela conseguiu entrar na Band e andar pelos corredores se passando pela diretora, que havia acabado de ser contratada pela emissora, em 2004. Ela trabalhou no programa entre 2003 e 2010 e continua a atuar como locutora.

reprodução/redetv!

Marcos Heredia ficou famoso como o Zina do Pânico, mas foi preso e internado várias vezes 

Zina
Marcos Heredia era guardador de carros quando participou de uma reportagem para o Pânico em janeiro de 2009 e ficou famoso. Ao ser perguntado sobre o que achava de Ronaldo Nazário jogar no Corinthians, ele disse apenas "Ronaldo, brilha muito no Corinthians". Na edição, a frase ganhou um tom cômico, e Zina virou meme instantaneamente.

Sua imagem passou a ser usada constantemente no Pânico, tanto que ele achou que estavam debochando de sua cara e pediu indenização de mais de R$ 200 mil. Mas o processo foi cancelado após Zina ser contratado ao vivo para fazer parte do elenco do humorístico.

Zina fez reportagens sobre seu bairro, conheceu Ronaldo e estádios de futebol. Ele foi preso por posse de cocaína em outubro do mesmo ano, mas voltou para o programa. Já em janeiro de 2010, foi preso por porte ilegal de armas. Solto após passar três semanas na cadeia, nunca mais voltou ao Pânico.

Diagnosticado com esquizofrenia, Zina já passou por internações forçadas para reabilitação. Ele também já foi visto dormindo nas ruas e pedindo dinheiro.

reprodução/redetv!

Sylvia Kubala, a Vovó da Fiel, tinha um quadro chamado Twitter da Vovó no Pânico, em 2010

Vovó da Fiel
Após a saída de Zina, o Pânico contratou uma nova integrante corintiana: Sylvia Kubala, que interpretava a Vovó da Fiel. Aos 70 anos, ela acompanhava Sabrina Sato e Alfinete (Daniel Peixoto) nos estádios e respondia tweets com frases cheias de palavrões.

Fora do Pânico desde 2011, Sylvia se candidatou a vereadora em 2012, mas não foi eleita. Ela ainda participou no ano passado do programa João Kleber Show, no quadro O Ranchinho, sátira de A Fazenda. 

reprodução/redetv!

Nestor Bertolino Neto ficou famoso ao representar o jogador Robinho e levar "pedalas"

Pedala, Robinho
O anão Nestor Bertolino Neto entrou no Pânico em 2005 para fazer a versão do jogador Robinho, que na época trocava o Santos pelo Real Madrid. Ele participava de um quadro com Merchan Neves (Carlinhos Silva), em que o apresentador dava fortes tapas nele e ordenava: "Pedala, Robinho". O bordão virou até letra de funk.

Depois da repercussão no Pânico, Neto continuou na mídia. Fez parte do elenco do Legendários, de A Praça É Nossa e de filmes pornográficos.

Leia também

 

 

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook