CHATEADO

Supla revela mágoa por derrota na Casa dos Artistas: 'Fiquei com cara de bunda'

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Supla durante live para seu canal no YouTuibe em 24 de junho de 2020

Supla durante live para seu canal no YouTuibe; cantor não esqueceu derrota na Casa dos Artistas

REDAÇÃO - Publicado em 24/06/2020, às 23h48

Os ex-namorados Supla, 54 anos, e Bárbara Paz, 45, se reencontram durante uma transmissão ao vivo para canal do YouTube do cantor nesta quarta-feira (24). Em 2001, quando participaram da primeira edição da Casa dos Artistas, no SBT, a atriz saiu vitoriosa e o músico foi o vice-campeão. "Fiquei com cara de bunda quando acabou. Achei que eu ia ganhar", confessou o roqueiro ao relembrar sua derrota com mágoa.

Dentro do confinamento, os dois também engataram um romance, o que agradou ao público. No entanto, foi a atriz quem levou o prêmio de R$ 300 mil para casa. "O pessoal ficou falando que 'a Bárbara tem uma história mais difícil, por isso que ela ia ganhar'. Sempre fiquei sentido com isso. Falei: 'Pô, eu também sou batalhador e o caramba'", confidenciou Supla.

"Já passou essa dor?", questionou a atriz. "Faz tempo, já. Mas só estou lavando [roupa suja] para a internet", completou ele. Bárbara, então, pediu a palavra para dizer que sentia muito por tê-lo deixado com essa tristeza.

"Eu também achei que você ia ganhar. Para mim, você ganhou o coração de todo mundo. Eu tinha certeza de que você ia ganhar. Para quem estava na produção sabe muito bem que eu falei isso", disse.

Para Bárbara, sua história de vida foi um forte fator para sua vitória. "Isso mudou bastante minha vida e me ajudou muito. Passaram quase vinte anos. Mas nós dois saímos vitoriosos", considerou.

"Claro que eu ganhei um pouco mais de dinheiro, mas você ganhou muita coisa. Você se tornou uma pessoa querida por muita gente. Não queria que você tivesse ficado com essa dor, isso foi uma dor em mim também", lamentou.

Supla reforçou que a tristeza por ter sido derrotado na televisão é coisa do passado. "Ganhei muita coisa. Como você falou: não pode reclamar. Reclamar do quê? Pelo amor de Deus. Ganhei o carro e dei para o meu pai [Eduardo Suplicy]. [Fiz] propagandas mil", relembrou.

Durante a transmissão ao vivo, a atriz contou que depois da Casa dos Artistas e de ter feito novelas no SBT, como Marisol (2002) e Cristal (2006), nunca conversou realmente com Silvio Santos.

"As pessoas achavam que eu era queridinha dele, mas eu, na verdade, nunca bati um papo com ele. Isso frustrou um pouquinho. Isso é uma coisa meio estranha. Mas eu devo muito a ele. Agradeço tudo que eu passei lá [no SBT], pela vitória, pelas novelas que eu fiz, aprendi muito", considerou. 

"Às vezes, você queria um contato mais humano só. Mas faz parte do jogo. Eu levei como uma grande universidade para aprender a fazer televisão, experimentar as linguagens e lá eu pude fazer isso", ponderou.

Confira transmissão ao vivo de Supla e Bárbara Paz:

Tudo sobre

Bárbara Paz Lives Supla

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook