Jornalismo | Polêmica

Ricardo Boechat não vê espaço para Sheherazade no Jornal da Band

Reprodução/Band

Ricardo Boechat no Jornal da Band; âncora não vê espaço no formato do telejornal para Sheherazade - Reprodução/Band

Ricardo Boechat no Jornal da Band; âncora não vê espaço no formato do telejornal para Sheherazade

PAULO PACHECO - Publicado em 07/05/2014, às 15h27 - Atualizado às 16h39

O jornalista Ricardo Boechat, âncora do Jornal da Band, não vê espaço para Rachel Sheherazade na bancada do jornalístico. Para o apresentador, o atual formato do telejornal não comporta duas opiniões divergentes na mesma bancada. Ele não se opõe à contratação da apresentadora do SBT pela Band, mas diz que não consegue vislumbrar duas opiniões tão divergentes, como a dele e a de Sheherazade, no atual formato do telejornal.

"Se eu dividiria a bancada com alguém cujas opiniões eventualmente conflitassem com as minhas? Depende do modelo do jornal. Espaço para opinião no Jornal da Band claro que tem, mas espaço para divergência, discussão, debate, o modelo atual teria que ser repaginado para essa finalidade", afirma Boechat ao Notícias da TV.

Ricardo Boechat criticou a opinião de Rachel Sheherazade no SBT Brasil, que em fevereiro considerou "compreensível" um grupo de "justiceiros" terem amarrado um suposto assaltante de 16 anos a um poste, no Rio de Janeiro. Em entrevista ao Pânico na Band, ele declarou que o comentário da concorrente do SBT era uma "bosta".

Na última segunda-feira (5), o âncora da Band afirmou que "pessoas em emissoras de TV que estimulam a justiça com as próprias mãos" têm tanta responsabilidade quanto o autor do crime, referindo-se ao boato circulado na internet que incentivou pessoas a lincharem e matarem por engano uma mulher acusada de sequestrar crianças para praticar magia negra.

Ao Notícias da TV, Boechat diz que não deu indireta a Sheherazade: "Acho risível que se estreite a minha leitura dos fatos a um recado. Não preciso mandar recado para ninguém. Se eu tiver interesse em dizer algo sobre alguém, seja lá o que for, eu direi".

O jornalista, entretanto, afirma que Sheherazade, como formadora de opinião, não alertou para os riscos de se fazer "justiça com as próprias mãos": "Ela, ainda que não possa ser incluída no grupo de executores, não está no grupo dos que advertiram sobre esse risco, alertaram para o fato de que isso é o retrocesso da espécie humana aos níveis mais primários e bestiais".

Embora discorde de Sheherazade, Ricardo Boechat prefere evitar o confronto direto com a jornalista do SBT. "Não quero falar especificamente sobre a Sheherazade, porque seria dar a essa discussão a ideia de que eu estou estabelecendo uma comunicação direta com esta senhora. Não é o caso, não me propus a isso", explica.

Conforme antecipou o Notícias da TV, a Band está muito próxima de tirar Rachel Sheherazade do SBT, que a proibiu de emitir opinião nos telejornais após desconforto do governo. A ideia da emissora é que a jornalista divida a bancada do Jornal da Band com Ticiana Villas Boas e Boechat, que afirma que ela seria bem-vinda à nova casa com qualquer outra pessoa que somasse conteúdo ao telejornal.

"Seriam bem-vindos a Sheherazade, o papa, o Felipão, quem quer que possa somar para ter um jornal que se identifique mais. Como qualquer outra emissora, a Band quer audiência, público, e se conceber um modelo que os incorpore, maravilha", declara Boechat.

LEIA TAMBÉM: 

Filme de Edir Macedo será feito por ex-sócio de revista pornô

Fox prepara reality show com mulheres ricas do interior de SP

Record perde uma Band e vê vice-liderança ameaçada pelo SBT

Globo oficializa Otaviano Costa como apresentador do Vídeo Show

Murilo Benício emplaca terceiro corno seguido em novelas da Globo

Petistas veem mensagem subliminar pró-PSDB em novela da Globo


​► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook