Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRÊS MESES NO AR

Reprise de Avenida Brasil salva Vídeo Show de vexame e é esticada

Reprodução/TV Globo

Débora Falabella em cena de Avenida Brasil exibida na sexta-feira (3) no Vídeo Show - Reprodução/TV Globo

Débora Falabella em cena de Avenida Brasil exibida na sexta-feira (3) no Vídeo Show

LUCIANO GUARALDO

Publicado em 6/2/2017 - 5h24

Último grande sucesso da Globo às 21h, Avenida Brasil virou a salvação do Vídeo Show. Desde que começou a ser exibida no quadro Novelão, em 2 de janeiro, a trama de João Emanuel Carneiro tem ajudado o programa de Otaviano Costa e Joaquim Lopes a superar o vexame de ser derrotado por A Hora da Venenosa, atração de fofocas da Record.

Com as intrigas de Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves), o Vídeo Show teve em janeiro o melhor mês no Ibope de São Paulo desde novembro de 2013. A Globo, então, decidiu transformar o Novelão em uma versão editada do Vale a Pena Ver de Novo. Assim, Avenida Brasil vai se tornar a novela mais longa do quadro. Pelo ritmo com que foi esticada até agora, deverá permanecer em cartaz por mais dois meses.

O Vídeo Show acumula desde a estreia de Avenida Brasil média de 10,6 pontos na Grande São Paulo. É o melhor índice em mais de três anos, desde que o programa se transformou, desastradamente, em um talk show de Zeca Camargo, dando início a uma crise de audiência que perdura até hoje. Desde outubro de 2015, o programa tem sido derrotado por A Hora da Venenosa.

A obra de João Emanuel Carneiro proporciona os picos de audiência do Vídeo Show: nos capítulos que abordaram o falso sequestro de Carminha, exibidos nos dias 18 e 19 de janeiro, a audiência subiu de 9,8 para 13,6 pontos _acima da média que o programa obteve cobrindo a tragédia com o voo da Chapecoense em novembro, por exemplo.

Na faixa de confronto direto com Avenida Brasil, a Record levou a melhor apenas cinco vezes. Antes, a emissora vencia sempre. Com o Novelão anterior, Cambalacho (1986), o Vídeo Show teve média de 9,8, mesmo índice obtido por Paraíso Tropical (2007) na reprise em novembro. Confira a audiência média do Vídeo Show com cada trama editada no Novelão:

Em geral, o Novelão dura duas semanas, e as tramas antigas são condensadas em dez capítulos de oito a dez minutos cada. Antes de Avenida Brasil, a exceção foi Amor à Vida (2013-14), que tinha média de 10,2 na audiência. Como deu audiência, teve 25 capítulos de nove minutos.

Já Avenida Brasil, que exibe seu 26º episódio nesta segunda-feira (6), tem ocupado 18 minutos diários do Vídeo Show. Em uma exibição anterior no Novelão, em maio de 2013, a novela de Carneiro foi resumida em 15 capítulos de dez minutos.

E a trama ainda está longe de chegar ao fim em seu novo ciclo no Vídeo Show: na sexta, foi ao ar a cena em que Jorginho (Cauã Reymond) surge de surpresa na festa de aniversário de Nina e dá a ela um anel. Na exibição original de Avenida Brasil, em 2012, isso aconteceu em 16 de junho _a novela estreou no fim de março e terminou em outubro.

Ou seja: em um mês no Vídeo Show, cerca de dois meses e meio da trama original foram condensados. Como a novela ainda tem mais quatro meses de história para ser adaptada, Avenida Brasil poderá facilmente se manter no Novelão até abril. O compacto se tornará, portanto, uma espécie de Vale a Pena Ver de Novo.

Procurada pelo Notícias da TV, a Globo informou que ainda não foi definido até quando Avenida Brasil continuará no Novelão, mas adiantou que ainda deve permanecer no programa por um bom tempo.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas