Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUPERAÇÃO

Repórter da Globo chora ao contar que foi faxineira e sofreu expulsão da faculdade

Reprodução/TV Globo

Valéria Almeida com os olhos marejados, brincos grandes e vestido tomara que caia

A repórter Valéria Almeida se emocionou ao relatar superação antes de entrar na Globo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/3/2021 - 12h17
Atualizado em 8/3/2021 - 12h44

Valéria Almeida, repórter da Globo, chorou durante participação ao vivo no Encontro com Fátima Bernardes, na manhã desta segunda-feira (8), ao relatar que foi faxineira e sofreu expulsão da faculdade por acumular dívida. No Dia Internacional da Mulher, a jornalista foi uma das homenageadas do programa e deu detalhes sobre como conseguiu chegar à emissora.

"Não foi fácil pagar a faculdade, fiquei muito tempo desempregada, acumulei muita dívida com a faculdade, ia estudar com o dinheiro da passagem que os meus professores davam. Eu comia em albergue para pessoas em situação de rua e não contava para a minha avó, porque eu fazia com que ela acreditasse que eu estava dando conta, não queria que ela tivesse mais uma preocupação", relatou.

"Fui muito motivada pela minha tia a fazer faculdade, [mas] cheguei no último ano e fui convidada a me retirar, porque eu tinha uma dívida muito grande. Faltavam seis meses para eu me formar e fui expulsa por causa dessa dívida. Saí, trabalhei, fiz faxina, paguei a minha dívida, voltei e concluí. Hoje estou aqui", completou, com os olhos cheios de lágrimas e com a voz embargada.

Valéria disse também que perdeu a mãe com dez anos de idade e foi criada pelos avós maternos, pois seu pai não conseguiu se estruturar para cuidar dela. A partir dali, sentiu que os problemas foram se acumulando, mas sua avó nunca a deixou desistir.

"A minha vó, já adulta, estudou até a quarta série e falava para mim: 'Filha, eu estudei só até o mobral, então presta atenção na escola, porque quando você tiver [que aprender] aquelas contas muito grandes eu não vou conseguir te ajudar'. A partir daquele ano, eu estava amparada pela minha família, mas eu sabia que era uma luta que eu precisaria traçar de uma forma muito solitária".

Fátima se emocionou com relato (Reprodução/Globo)

A jornalista ainda recebeu uma homenagem da professora do ensino fundamental que fez a diferença no processo de aprendizagem dela. Elas se reencontraram depois que Valéria já era funcionária da Globo e a procurou nas redes sociais para agradecer o apoio que teve na infância.

"Quando eu estava na quarta série e minha mãe já passava muito tempo no hospital, eu ia para a escola chorando. E essa minha professora escrevia bilhetinhos para eu não desistir, para eu continuar. Eu não deixei minhas notas caírem, porque eu sabia que aquilo era o orgulho dos meus pais", explicou.

"Quando eu já estava aqui na TV, entrei nas redes sociais, encontrei ela, contei que trabalhava na Globo e a agradeci. A gente chorou muito", relatou.

Fátima Bernardes não conteve a emoção e chorou com Valéria. "Não vamos faltar com uma palavra de incentivo. As pessoas podem achar que é pouco, mas uma palavra é determinante, quando dita na hora certa transforma vidas", disse a apresentadora.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e confira o nosso boletim diário com os principais destaques do dia


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Cinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas