Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

EXPEDIÇÃO RIO

Repórter chora ao ouvir idosa de 102 anos cantar ao vivo na Globo

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY

Repórter Daniella Dias se emociona ao ouvir idosa cantando na Ilha de Paquetá, no Rio

Repórter da Globo cai no choro ao se emocionar com idosa de 102 anos durante o Expedição Rio

IGRAÍNNE MARQUES

igrainne@noticiasdatv.com

Publicado em 25/6/2022 - 15h55

A repórter Daniella Dias caiu no choro ao vivo ao ouvir uma idosa de 102 anos cantando na Globo neste sábado (25). A jornalista estava entrevistando Maria Aparecida Machado, uma aposentada que se tornou compositora por causa do lugar onde mora, a Ilha Paquetá, no Rio de Janeiro. A cena foi ao ar durante o especial Expedição Rio. "Melhor idade", elogiou a comunicadora ao ouvir a voz da entrevistada. 

A ideia do programa, que já está na segunda temporada, é explorar as ilhas do Rio de Janeiro, de modo que Paquetá, assim como a Ilha do Governador e da Gigoia, acabou fazendo parte do trajeto da equipe. Daniella procurou dona Aparecida ao saber da história da aposentada. As duas conversaram na porta da casa da compositora, sentadas em um pequeno banco de pedra.

"A senhora está chique, de unha pintada", observou a repórter, acrescentando um pedido de desculpas por questionar, na sequência, a idade da entrevistada. "Eu tenho 102 anos. Moro aqui em Paquetá há 53 anos", admitiu. "É uma das moradoras mais antigas da ilha", constatou a jornalista. 

"Eu fiz uma música para Paquetá", contou Maria Aparecida pouco depois. Admirada, Daniella logo emendou: "Vou pedir para a senhora cantar". E então a idosa se pôs a entoar os versos. "Paquetá, Ilha dos Amores, com seus bosques, suas flores, que a natureza sabe dar, Paquetá. Como é bela a natureza, nunca vi tanta beleza como aqui nesse lugar...", recitou.

A repórter surgiu com os dedos nos olhos, limpando as lágrimas do rosto. "A senhora conseguiu me fazer chorar, dona Aparecida", admitiu, sorrindo com a emoção. "Eu tenho mais três músicas", contou a aposentada, orgulhosa. "A senhora é compositora, então?", questionou a jornalista. "Sou, da terceira idade".

"Melhor idade", definiu Daniella, ainda emocionada. Na sequência, a aposentada contou que se mudou para a ilha por causa da morte do marido, que era da região. "Dona Aparecida, a senhora é a história viva de Paquetá", disse a jornalista.

TUDO SOBRE

Globo


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.