Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Em Família

Público aprova casal de mulheres, mas rejeita 'pegação' em novela

Reprodução/TV Globo

Tainá Müller e Giovanna Antonelli em cena da novela Em Família exibida nesta semana - Reprodução/TV Globo

Tainá Müller e Giovanna Antonelli em cena da novela Em Família exibida nesta semana

DANIEL CASTRO

Publicado em 16/5/2014 - 10h15

Numa nova sondagem para descobrir o porquê de Em Família não decolar no Ibope, a Globo chegou à conclusão de que a maioria do público aprova o casal homossexual Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller), mas não quer ver vê-las como um casal heterossexual, se beijando, trocando carícias e despertando abraçadas na mesma cama.

O resultado da pesquisa funcionou como um sinal verde para o autor de Em Família, Manoel Carlos. Ele está "autorizado" pelo público a avançar com "Clarina" (como a torcida por Clara e Marina chama a dupla nas redes sociais), mas ainda não poderá quebrar o tabu de tratar um casal gay da mesma forma que um casal hétero. Segundo a pesquisa, tanto Clara quanto Marina são muito bem avaliadas. O público gosta delas. Mas poderá mudar de opinião se elas começarem a se agarrar em público.

Na Globo, o resultado foi analisado também como uma comprovação do preconceito do brasileiro: você pode ser homossexual, mas não na minha frente.

Na mesma pesquisa, a Globo detectou que há mais torcida por Clarina do que pelo casal Luiza (Bruna Marquezine) e Laerte (Gabriel Braga Nunes). Conforme o Notícias da TV antecipou, a pesquisa revelou à Globo que o público rejeita o envolvimento de Luiza com o mesmo homem que desgraçou a vida amorosa de sua mãe, Helena (Julia Lemmertz), e deixou uma grande cicatriz em seu pai, Virgílio (Humberto Martins).

Na primeira pesquisa da Globo para avaliar Em Família, a emissora detectou que o público estava dividido quanto a Clara e Marina. Uma parte era contra o romance das duas porque isso implicaria a destruição de uma família de comercial de margarina. O fato de o marido de Clara, Cadu (Reynaldo Gianecchini), estar doente, agravava a situação. Mas, agora que Cadu já conseguiu um coração novo e está sendo assediado por uma pretendente (Silvia/Bianca Rinaldi), esse deixou de ser um entrave.

Na Globo, a avaliação é a de que Manoel Carlos deverá encaminhar para um desfecho feliz entre Clara e Marina. A rejeição ao beijo gay também não deverá ser um impedimento. Ele poderá acontecer. Mas será uma única vez, como Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) em Amor à Vida.

LEIA TAMBÉM:

Mesmo de férias, Mateus Solano já é disputado na Globo

Demorei muito a gostar de mim, diz Ana Paula Padrão a Silvio Santos

Em Família: Laerte pede Luiza em casamento e dá colar de ouro 

Ninfeta, Luiza transa 3 vezes em 2 dias para levantar ibope

Globo abre armário, e personagens gays invadem novelas

Em Família: Autor pede 'luta do século' entre Virgílio e Laerte

Globo detecta reprovação ao casal protagonista de Em Família


​► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Pegação, ameaça de desistência e queridômetro sacodem edição paz e amorBBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semana

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas