Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BANDIDOS NA TV

Programa acusado de matar para ter ibope volta ao ar após virar série na Netflix

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Wallace Souza com uma camisa listrada, no cenário do programa Canal Livre, que fez sucesso na televisão do Amazonas nos anos 1990 e 2000

Wallace Souza (1959-2010) no Canal Livre: programa foi acusado de matar para ter audiência volta à TV

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 6/8/2021 - 13h52

Conhecido em todo mundo após ter sido acusado de envolvimento em mortes de bandidos para ter mais audiência, história contada pela série documental Bandidos na TV (2019), da Netflix, o programa Canal Livre voltará neste mês para a televisão. Willace Souza, filho do antigo apresentador e deputado Wallace Souza (1958-2010), fechou acordo na quinta-feira (5) para retomar a atração na Band Amazonas.

O policialesco terá outro nome: Programa Livre --usado desde que a marca antiga ficou com fama negativa após as graves acusações. A atração reestreará no próximo dia 23, a partir das 13h30. O acordo foi fechado em uma iniciativa do próprio Willace, que tenta reviver o legado do pai desde o lançamento do documentário, com o canal local de televisão.

O formato será o mesmo que fez o programa ter sucesso em Manaus nos anos 1990 e 2000, com prêmios populares, reportagens policiais e políticas e matérias sensacionalistas. A informação foi divulgada pelo próprio Willace Souza em seu Instagram.

"Com muita felicidade e o coração cheio de lembranças do meu saudoso pai Wallace Souza, me encarreguei de trazer de volta o legado desse programa que marcou gerações no nosso Estado. Toda honra e toda glória a Jesus.Te cuida, galeroso!", disse o jovem, que é jornalista formado.

O Canal Livre ficou famoso em todo mundo a partir de 2008. Naquele ano, Wallace Souza, que também era deputado estadual, foi acusado de encomendar assassinatos de bandidos para mostrar em seu programa em primeira mão e assim conseguir mais audiência na televisão. Na investigação, também foi descoberta uma possível associação de Wallace com o tráfico de drogas na capital do Amazonas.

O fato teve repercussão mundial na época após ser tema de uma reportagem do Fantástico, da Globo. Wallace Souza perdeu o mandato de deputado, teve uma grande derrocada política e morreu em 2010. Ele nunca admitiu o suposto envolvimento com os crimes de que foi acusado.

Em 2019, a Netflix lançou aum série documental sobre a história da família Souza. Chamada de Bandidos na TV, a produção abordou as acusações e as contradições do caso após as denúncias contra a família Souza. A série foi elogiada pela crítica e pelo público. Desde o sucesso de Bandidos na TV, Willace Souza tenta manter vivas as boas lembranças que tem de seu pai. 

Veja a assinatura de contrato para a volta do Canal Livre:


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas