Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FEZ POUSO FORÇADO

Piloto de helicóptero da Record é baleado em operação no Rio de Janeiro

REPRODUÇÃO/TV GLOBO e DIVULGAÇÃO/CORPO DE BOMBEIROS_RJ

Montagem de fotos com helicóptero da Record pousando e imagem de aeronave baleada

O helicóptero da Record precisou fazer um pouso forçado no Engenhão; piloto foi baleado

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/5/2021 - 13h44
Atualizado em 28/5/2021 - 15h27

O piloto Darlan da Silva Santana, que prestava serviços para a Record, foi baleado na perna direita enquanto sobrevoava a comunidade da Mangueira, no Rio de Janeiro. Mesmo ferido, ele conseguiu fazer um pouso às pressas em um campo anexo ao Estádio Nilton Santos, o Engenhão, nesta sexta-feira (28). O profissional foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e tem estado de saúde estável.

Santana, que tem 31 anos, foi atingido por uma bala durante uma intensa troca tiros entre policiais e criminosos. Segundo a Polícia Militar, o confronto começou depois que agentes de uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) foram alvejados enquanto realizavam uma patrulha na rua Visconde de Niterói, na Mangueira.

Pouco antes das 8h, o quartel do Corpo de Bombeiros do Méier foi acionado para socorrer o piloto da Record, que foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho. A aeronave também transportava um cinegrafista da emissora, que não se feriu.

A Record informou que o helicóptero é de uma empresa terceirizada e que o piloto está bem. A ocorrência será investigada pela 17ª DP (Delegacia de Polícia), em São Cristóvão. A Polícia Civil solicitou uma perícia na aeronave para identificar de qual o tipo de armamento partiu o disparo que atingiu a aeronave.

Em uma nota conjunta, associações de imprensa condenaram esse tipo de violência contra profissionais de veículos de comunicação:

"A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) consideram de extrema gravidade o atentado contra um helicóptero da Record TV, ocorrido nesta sexta-feira (28), no Rio de Janeiro.

A aeronave foi atingida por um tiro enquanto sobrevoava o Morro da Mangueira, onde acontecia uma operação da Polícia Militar, após agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) serem atacados por criminosos. O piloto Darlan Silva de Santana foi ferido na perna. Ele fez um pouso de emergência nas proximidades do estádio Nilson Santos, o Engenhão, e foi levado ao hospital.

É inaceitável que a imprensa seja submetida a este nível de violência. ABERT, ANER e ANJ seguirão empenhadas em coibir toda e qualquer represália ao trabalho jornalístico e pedem providências imediatas às autoridades locais para o esclarecimento do caso e rigorosa apuração dos fatos."

TUDO SOBRE

Record


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?