EM SÃO PAULO OU NO CEARÁ?

Telejornal da Globo erra e conta história de crime que nunca existiu

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Carlos Tramontina na abertura do SP2 de terça-feira (10), anunciando a reportagem que mostrou o falso crime - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Carlos Tramontina na abertura do SP2 de terça-feira (10), anunciando a reportagem que mostrou o falso crime

GABRIEL PERLINE - Publicado em 11/04/2018, às 19h00 - Atualizado às 19h20

O SP2 de terça-feira (10) narrou um crime que nunca existiu. A reportagem especial do telejornal da Globo exibiu um roubo à mão armada que teria acontecido no estacionamento de um centro comercial em Perdizes, na zona oeste de São Paulo, e detalhou os passos dos criminosos e a reação da vítima. O problema é que as mesmas cenas haviam sido exibidas seis dias antes, no Bom Dia Ceará, como um assalto que ocorreu em Fortaleza.

A reportagem, intitulada como Mapa dos Roubos, mostrou quais delegacias da cidade mais registraram esse tipo de crime em 2017. Carlos Tramontina abriu o telejornal anunciando que se tratava de um levantamento exclusivo feito pela produção do SP2.

Após citar casos registrados na Brasilândia (zona norte), Capão Redondo (zona sul) e Campos Elíseos (centro), o telejornal mostrou cenas de um assalto em um estacionamento, identificado como um centro comercial do bairro de Perdizes. 

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Cena da reportagem exibida na edição de terça-feira (10) do telejornal SP2

"Na zona oeste, os motoristas também são alvos de ladrões. Só que em Perdizes, os assaltantes abordaram as vítimas de outro jeito. O homem de regata branca é a vítima. Ele caminha tranquilamente por um centro comercial da rua Cardoso de Almeida e não percebe nada de anormal no carro preto e vidros escuros estacionado ao lado. De repente, o ladrão sai armado do lado do carona e rende a vítima, que fica sem o carro", narra o repórter.

A sequência de cenas ocupou 26 segundos e foi interrompida no momento em que o ladrão entra no carro da vítima. Assista aqui.

No dia 4 de abril, seis dias antes da reportagem do SP2, o Bom Dia Ceará exibiu exatamente as mesmas imagens veiculadas pelo telejornal local de São Paulo, mas com cenas extras.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Cena da reportagem exibida na edição do dia 4 de abril do telejornal Bom Dia Ceará

O vídeo do telejornal cearense mostra o momento em que o carro que transportava o assaltante deixa o estacionamento, como mostra a narração do apresentador Leal Mota Filho (assista aqui):

"A gente vai acompanhar agora as imagens de um circuito interno do estacionamento de um centro comercial do bairro de Sapiranga. A vítima chega para pegar o carro, mas aí logo em seguida aparece um ladrão armado, que toma as chaves. O carro em que o suspeito estava sai, e depois ele mesmo sai dirigindo o outro. Nós procuramos a Secretaria de Segurança Pública para saber detalhes aí desse caso, dessa ação. A delegacia da Cidade dos Funcionários, que atende o bairro, não registrou nenhum boletim de ocorrência."

Procurada pelo Notícias da TV, a Globo reconheceu que houve um erro na reportagem do SP2 e, para esclarecer o caso, veicularia uma correção na edição desta quarta-feira (11) do telejornal.

Após uma reportagem sobre furtos em restaurantes de São Paulo, o apresentador Carlos Tramontina de fato fez a correção, mas em nenhum momento citou que as imagens haviam sido extraídas do Bom Dia Ceará e tampouco informou se o crime relatado na edição de ontem de fato existiu.

"Ontem, numa reportagem sobre a concentração de registros de roubos e furtos da capital, mostramos erroneamente os registros de um assalto que teria acontecido em Perdizes. Pela falha, nós pedimos desculpas", disse Tramontina.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook