BASTIDORES

Paola Carosella consola Estefano após derrota; saiba o que rolou na final do MasterChef

CARLOS REINIS/BAND

Vitor Bourguignon e Estefano Zaquini na final do MasterChef - A Revanche

Vitor Bourguignon (à esq.) chorou com a vitória, e Estefano Zaquini (à dir.) foi consolado por Paola Carosella nos bastidores

GABRIEL PERLINE - Publicado em 18/12/2019, às 02h39

Assim que Vitor Bourguignon foi anunciado vencedor do MasterChef - A Revanche na madrugada desta quarta (18), Paola Carosella rapidamente deixou o palco do reality show da Band e puxou Estefano Zaquini para o restaurante do estúdio. A chef de cozinha teve uma longa conversa com o vice-campeão da temporada e o consolou pela derrota. 

O Notícias da TV conseguiu acompanhar um breve trecho dessa conversa e viu Estefano chorando, enquanto Paola enaltecia o trabalho do competidor e explicava para ele os detalhes que fizeram os jurados optarem por dar o título a Vitor.

Zaquini ficou tão abalado com a derrota que deixou o estúdio logo após a conversa com Paola. Não posou para fotos com os fãs do reality que estavam na plateia e tampouco ficou para conversar com a imprensa.

Um dos motivos do choro de Estefano é que ele chegou à final como o grande favorito ao prêmio. Além de ter uma torcida maior, os jurados foram mais elogiosos a seu trabalho na temporada do que com o de Vitor. O campeão, inclusive, chegou à final crente de que seria derrotado por seu adversário.

Vitor Bourguignon foi o campeão do MasterChef

"Eu achava que seria o vice pelo desenrolar da prova. Foi muito bom legal e honroso dividir esse momento com o Estefano, mas infelizmente não deu, mas fica registrado aqui o meu muito obrigado por ele ter dividido esse momento comigo", disse Bourguignon logo após a vitória.

Ao contrário de outras temporadas, alguns competidores eliminados não fizeram questão de estarem na grande final. Segundo a Band, Ana Luiza Teixeira, Aristeu Guimarães, Iranete Santana e Valter Herzmann tiveram compromissos pessoais e não puderam comparecer, mas tiveram suas ausências sentidas pelos fãs do programa, que os bombardearam de mensagens nas redes sociais.

Os outros 14 eliminados ficaram o tempo inteiro no mezanino. Durante a exibição da final, eles se revezavam em alguns nichos, que foram adaptados como bancos, e também nas escadas, para poderem suportar as mais de duas horas de programa. Assim que Vitor levantou o troféu, eles foram rapidamente retirados do estúdio e não puderam fazer selfies com os fãs e tampouco conversar com a imprensa. 

Paola Carosella, Henrique Fogaça, Erick Jacquin e Ana Paula Padrão também saíram do estúdio como foguetes assim que as câmeras foram desligadas.

Já Vitor Bourguignon estava bastante solícito e com um texto muito bem ensaiado. Exaltou todos os competidores, sobretudo seu adversário na final, elogiou os jurados, o programa e a emissora. Evitou dar respostas comprometedoras e fazer comemorações muito efusivas para não chatear Estefano, de quem ficou muito amigo ao longo da edição.

MasterChef - A Revanche foi a 11ª temporada realizada em seis anos na Band. E no ano que vem a emissora realizará mais uma, novamente com aspirantes a cozinheiros. As inscrições já estão abertas no site oficial do reality show.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que jornalista está fazendo o melhor trabalho durante a pandemia?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook