Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CONFLITO

Netflix e Amazon cortam relações com Globo de Ouro por falta de diversidade

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Tina Fey e Amy Poehler com roupa de gala no palco da cerimônia do Globo de Ouro 2021

Tina Fey e Amy Poehler no Globo de Ouro 2021; associação promete mudanças sobre o caso

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 9/5/2021 - 11h21

Após reportagem do jornal Los Angeles Times revelar que o grupo do Globo de Ouro não possui integrantes negros há pelo menos 20 anos, Netflix e Amazon se afastaram da entidade. As empresas de streaming cortaram relações com a HFPA (Hollywood Foreign Press Association), responsável pela premiação de TV e cinema, até que haja maior diversidade entre seus 87 participantes.

O texto do jornal dos Estados Unidos foi publicado em 21 de fevereiro, poucos dias antes da 78ª cerimônia de premiação, ocorrida em 28 de fevereiro. A informação incomodou estúdios, produtoras, distribuidoras e artistas.

A HFPA prometeu mudanças sobre o caso. Na sexta-feira (7), a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood anunciou movimentação para a inclusão de 20 integrantes em 2021, com pessoas negras no centro do recrutamento de novatos. Outro passo é o desejo de aumentar o número de participantes em perto de 50% nos próximos 18 meses. A medida foca a chegada de pessoas de grupos pouco representados.

O site Deadline teve acesso a uma declaração que o co-CEO da Netflix, Ted Sarandos, enviou para a HFPA. "Não acreditamos que estas novas políticas propostas --particularmente quanto ao tamanho e rapidez do aumento de número de membros-- resolverá os desafios de diversidade sistêmica e inclusão da HFPA, ou a falta de padrões claros para como os membros devem se portar. Então estamos parando quaisquer atividades com sua organização até que mudanças mais significativas sejam aplicadas", diz o texto.

Segundo o The Hollywood Reporter, a Amazon Studios analisa que as medidas da entidade traçam o início de uma reforma significativa. "Continuamos comprometidos em encorajar a implementação imediata do plano por meio de conversas produtivas para que o HFPA possa surgir como uma organização melhor e mais inclusiva", comenta Jennifer Salke, chefe do estúdio. "Não estamos trabalhando com a HFPA desde que os problemas foram levantados pela primeira vez e, como o resto da indústria, estamos esperando por uma solução sincera e significativa antes de prosseguirmos."

No Twitter, o ator Mark Ruffalo (Vingadores: Ultimato) comentou sobre as mudanças prometidas pelo grupo do Globo de Ouro. "Nossa indústria está abraçando a oportunidade de maior igualdade neste belo momento. Não é perfeito e muito atrasado, mas está claro o que deve acontecer e como. A indústria está abraçando a oportunidade."

Scarlett Johansson também se posicionou sobre o caso da HFPA. Em declaração ao Deadline, a atriz afirmou: "A HFPA é uma organização que foi legitimada por nomes como Harvey Weinstein para ganhar impulso para o reconhecimento da Academia [de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood] e a indústria seguiu o exemplo. A menos que haja uma reforma fundamental necessária dentro da organização, acredito que é hora de dar um passo atrás na HFPA e nos concentrar na importância e na força da unidade dentro de nossos sindicatos e da indústria como um todo".

Veja a publicação de Mark Ruffalo:


Leia também

Web Stories

+
Anitta, Juliette e Paolla Oliveira: Famosos que se posicionaram politicamente na webDe violência doméstica a desemprego: Como está o elenco de Roque SanteiroDe Fernanda Montenegro a Sônia Braga: Cinco atrizes que entraram para a históriaDe série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou de ver Tiago Leifert no comando da Super Dança dos Famosos?