GFK VS IBOPE

Na GfK, programas da Globo têm até 26% mais audiência do que no Ibope

Reprodução/TV Globo

Fausto Silva no último domingo; programa do apresentador tem ibope 13% maior na GfK - Reprodução/TV Globo

Fausto Silva no último domingo; programa do apresentador tem ibope 13% maior na GfK

DANIEL CASTRO - Publicado em 20/06/2017, às 06h25

Graças a um investimento de US$ 100 milhões da Record, SBT e RedeTV!, o instituto GfK foi viabilizado no Brasil para provar que os números do Ibope favoreciam a Globo e prejudicavam as demais redes. Os primeiros dados da GfK considerados 100% puros, no entanto, mostram que a Globo é ainda maior do que o Ibope pinta.

Em maio, segundo levantamento obtido com exclusividade pelo Notícias da TV, programas da Globo tiveram audiências até 26% maiores na GfK do que no Ibope. Foi o caso de Os Dias Eram Assim, que passou por ajustes para reverter a baixa audiência. A novela das onze, que teve média de 17,5 pontos no Ibope, registrou 22,1 na GfK, uma marca que a deixaria imune a crises.

Ambos os números são da Grande São Paulo, onde cada ponto equivale a pouco mais de 70 mil domicílios nas duas medições.

Confira a seguir uma comparação entre os números do Ibope e da GfK de 21 programas de Globo, SBT e Record. Em apenas uma atração a audiência do Ibope é maior do que a da GfK:

AUDIÊNCIA DE PROGRAMAS VARIA ATÉ 26%*

Programa Emissora GfK Ibope Diferença
Os Dias Eram Asssim Globo 22,1 17,5 26,3%
Vade Retro Globo 19,4 15,6 24,4%
Zorra Globo 25,2 20,8 21,2%
Fantástico Globo 25,9 22,2 16,7%
Vídeo Show Globo 12,0 10,6 13,2%
Domingão do Faustão Globo 22,6 20,0 13,0%
A Força do Querer Globo 36,1 32,2 12,1%
Jornal Nacional Globo 33,3 30,8 8,1%
Rock Story Globo 30,6 28,6 7,0%
Gugu Record 8,1 7,4 9,5%
Dancing Brasil Record 6,4 6,1 4,9%
O Rico e Lázaro Record 10,1 9,6 5,2%
Programa da Sabrina Record 6,2 6,0 3,3%
Jornal da Record Record 7,7 7,5

2,6%

Hora do Faro Record 9,0 8,8 2,3%
Domingo Espetacular Record 9,8 10,2 -3,9%
Programa do Ratinho SBT 8,8 7,9 11,4%
Carinha de Anjo SBT 10,4 9,6 8,3%
Programa Silvio Santos SBT 10,2 9,5 7,4%
SBT Brasil SBT 5,9 5,5 7,3%
Eliana SBT 7,1 6,9 2,9%

*Comparativo de audiência, em pontos domiciliares, entre GfK e Ibope, na Grande São Paulo, em maio de 2017

Na média diária, todas as emissoras são maiores no instituto alemão do que no Ibope. Mas a Globo é maior ainda. Tem 12,8% mais público na Grande São Paulo das 7h às 23h59 _18,5 pontos na GfK, contra 16,4 no Ibope. Isso se explica porque o número de televisores ligados na GfK é maior do que no Ibope:

GLOBO É 13% MAIOR NA GFK DO QUE NO IBOPE*

Emissora GfK Ibope Diferença
Globo 18,5 16,4 12,8%
Record 6,9 6,3 9,5%
SBT 6,5 6,0 8,3%
Band 2,8 2,5 12,0%
RedeTV! 0,6 0,6 0%
TV paga 10,1 10,6 -4,7%
Total de TVs ligadas 51,2 48,8 4,9%

*Comparativo de audiência, em pontos domiciliares, entre GfK e Ibope, na Grande SP, das 7h às 24h, em maio de 2017

A GfK mede audiência em 15 regiões metropolitanas do Brasil desde novembro de 2015, mas os dados até hoje não eram divulgados porque estavam passando por ajustes. Em abril, o instituto atingiu todas as exigências de qualidade que se comprometeu a cumprir diante das três redes que patrocinaram sua chegada ao Brasil.

Na média nacional, é a Record que tem maior vantagem na GfK:

NO PAÍS, RECORD TEM 14% A MAIS DE AUDIÊNCIA*

Emissora GfK Ibope Diferença
Globo 18,6 17,3 7,5%
Record 8,0 7,0 14,3%
SBT 6,7 6,3 6,3%
Band 1,9 1,9 0%
RedeTV! 0,5 0,5 0%
TV paga 9,5 9,7 -2%
Total de TVs ligadas 50,4 47,0 7,2%

*Comparativo de audiência, em pontos domiciliares, entre GfK e Ibope, em 15 mercados, das 7h às 24h, em maio de 2017

Apesar de mostrar uma Globo maior do que a do Ibope, a GfK tem a aprovação dos executivos da Record, SBT e RedeTV!. Eles consideram a empresa alemã mais confiável.

Primeiro, pelo tamanho da amostragem (de pouco mais de 6.000 domicílios). Segundo, pela transparência _as emissoras sabem em que bairros estão instalados os medidores de audiência e os problemas pelos quais a empresa passa.

Os executivos da Record, SBT e RedeTV! festejam um "efeito colateral" da chegada da GfK. A concorrência obrigou a família Montenegro, vilanizada pelas emissoras, a vender o Ibope para o grupo inglês Kantar. E, para enfrentar a GfK, a Kantar Ibope teve de fazer ajustes em sua base de medição, elevando para pouco mais de 6.000 nas 15 regiões metropolitanas.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook