Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

REALIDADE

Encrenca perde ibope com Simba e volta a ser freguês do Pânico na Band

Reprodução/RedeTV!

Ângelo Campos (à esq.) e Dennys Motta no Encrenca: queda com Simba não foi recuperada - Reprodução/RedeTV!

Ângelo Campos (à esq.) e Dennys Motta no Encrenca: queda com Simba não foi recuperada

REDAÇÃO

Publicado em 20/6/2017 - 5h51

Maior audiência da RedeTV!, o Encrenca é um dos programas mais afetados pela retirada das emissoras da Simba da TV paga. O dominical, que vinha numa curva crescente no Ibope, perdeu quase um terço do público (28%) desde o dia 30 de março, quando os sinais de Record, SBT e RedeTV! foram cortados das principais operadoras de TV por assinatura. No dia 26 daquele mês, registrou 5,7 pontos na Grande São Paulo, seu maior ibope no ano; no último domingo (18), marcou 4,1, o segundo menor.

Após a saída das três emissoras das operadoras de TV paga, o Encrenca também virou freguês do Pânico, seu principal rival: em 12 confrontos, o programa da Band levou a melhor em 11: perdeu apenas em 7 de maio, em uma disputa apertada, quando marcou 4,4, contra 4,6 da atração da RedeTV!.

Nas semanas anteriores ao corte da Simba, o programa comandado por Tatola Godas, Dennys Motta, Ricardinho Mendonça e Ângelo Campos tinha vencido todos os embates do ano.

O Encrenca caminha na contramão dos outros programas das três emissoras afetadas pela retirada dos sinais: enquanto as atrações da Record e do SBT têm recuperado lentamente suas audiências pré-Simba, Godas, Motta, Mendonça e Campos veem seus números caírem semana após semana.

O programa ainda é, com ampla vantagem, o mais visto da emissora, mas tudo indica que o fenômeno de audiência está passando. Com três edições já exibidas em junho, o Encrenca está com média de 4,2 neste mês _uma queda de 24% em relação a junho do ano passado. É o pior índice mensal desde agosto de 2015, quando começou a disparar no ibope e incomodar a concorrência.

Em março deste ano, antes de a Simba atirar no próprio pé em negociação frustrada com as operadoras, o Encrenca teve média mensal de 5,5. Ou seja: o programa perdeu 1,3 ponto (ou 91.726 domicílios) em três meses. É mais do que registrou nos primeiros quatro meses em que esteve no ar, de junho a setembro de 2014.

Curiosamente, o público que deixou de ver o Encrenca por perder o sinal da RedeTV! não migrou por completo para o Pânico: desde a Simba, a trupe de Emílio Surita tem registrado média de 4,9, contra 4,3 das semanas anteriores. Com o crescimento de 0,6 ponto do 1,3 "disponível", a Band deixou de absorver mais da metade dos espectadores que abandonaram o Encrenca.

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?