Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CONFUSÃO

Ministro da Educação se recusa a dar entrevista para repórter da Globo

LUCIANO FREIRE/MEC

Abraham Weintraub em coletiva de imprensa no Ministério da Educação

Abraham Weintraub, ministro da Educação, fez barraco com repórteres da Globo e da Record

REDAÇÃO

Publicado em 3/11/2019 - 17h21
Atualizado em 3/11/2019 - 17h38

Abraham Weintraub, ministro da Educação, protagonizou uma confusão com jornalistas ao sair de um dos locais de aplicação do Enem, o Exame Nacional do Ensino Médio. Ele desistiu de conceder uma entrevista ao ser abordado pela repórter Thaís Luquesi, da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás. Disse que a "Rede Globo tem que aprender que não é melhor que ninguém" e se recusou a continuar a conversa com os demais repórteres.

Revana Oliveira, repórter da Record, tentou se aproveitar da negativa do ministro em responder a jornalista da Globo e dar continuidade a entrevista. "O senhor pode falar só com a Record, então?", questionou ela, ignorada pelo ministro, que fechou a porta de seu carro na cara dos repórteres.

A pergunta que provocou toda a confusão era relativamente simples: Thaís Luquesi questionou quais foram os problemas que o INEP, instituto responsável pela aplicação do exame, constatou durante a realização da prova em Goiânia. Foi o suficiente para o ministro sair do sério.

Em alto tom de voz, ele se dirigiu a repórter. "Você é da Rede Globo? Eu tenho uma frase que é a seguinte: eu podia estar roubando, podia estar matando, mas estou aqui tentando fazer uma reportagem para a Rede Globo", ironizou. Thaís insistiu: "Você pode falar sobre esse caso?". "Para a Rede Globo, não", sentenciou o ministro.

Apesar da negativa, a repórter da TV Anhanguera pediu mais uma vez para que Weintraub respondesse sua pergunta. "Se for para a Rede Globo, esquece", afirmou, enquanto fechava a porta de seu carro. Ele disse que Thaís Luquesi e os demais jornalistas deveriam aguardar a coletiva de imprensa, que será feita em Brasília pouco antes das 20h.

Na confusão, que aconteceu no final da tarde deste domingo (3), Abraham Weintraub estava acompanhado do governador Ronaldo Caiado, do Democratas. O mandatário goiano aparece no vídeo (veja abaixo) rindo da situação.

Weintraub é um dos ministros do governo de Jair Bolsonaro mais ativos nas redes sociais. No cargo desde abril, ele não poupa críticas à Globo em seus perfis, assim como o presidente, e defende ferrenhamente Bolsonaro e seus filhos.

Veja a briga entre o ministro da Educação e as repórteres da Globo e Record:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?