DOMINGÃO DO FAUSTÃO

Ludmilla e Di Ferrero empatam e vencem a terceira temporada do Show dos Famosos

FOTOS: REPRODUÇÃO/GLOBO

Ludmilla interpretou Beyoncé, e Di Ferrero foi de Jon Bon Jovi na final do Show dos Famosos - FOTOS: REPRODUÇÃO/GLOBO

Ludmilla interpretou Beyoncé, e Di Ferrero foi de Jon Bon Jovi na final do Show dos Famosos

REDAÇÃO - Publicado em 14/07/2019, às 21h05

Pela primeira vez na história do Show dos Famosos, o título foi entregue a dois finalistas: Ludmilla, que confirmou o favoritismo, e Di Ferrero. Neste domingo (14), eles acumularam individualmente 49,9 pontos e levaram, cada um, um carro 0 km. A funkeira e o ex-NX Zero receberam notas máximas dos jurados com suas performances.

A funkeira havia aberto uma larga vantagem no placar geral ao longo da competição, ficando 0,7 à frente de Diogo Nogueira, segundo colocado. Suas performances, sempre elogiadas pelos jurados, já apontavam desde o início que ela era uma das favoritas ao título. Di Ferrero, no entanto, figurava em terceiro lugar, atrás de Diogo Nogueira. Confira o ranking da final:

1º lugar: Ludmilla e Di Ferrero, com 49,9 pontos
3º lugar: Diogo Nogueira, com 49,7 pontos
4º lugar: Hugo Bonemer e Solange Almeida, com 49,5 pontos

Ludmilla agradou ao interpretar Beyoncé e cantar o difícil hit da norte-americana Love On Top

Ludmilla interpretou Beyoncé e foi elogiada pela coragem ao performar Love On Top, uma das músicas mais complexas do repertório da norte-americana. "Você fez a lição de casa. Você ensaiou, cantou, dançou. O teu balé não aguentou, teve que trocar no meio. E você segurou as pontas sozinha. Nota 10", disse J.B. Oliveira, o Boninho.

"É um número difícil em que ela [Beyoncé] modula, vai subindo. O que fiquei mais impressionado é a necessidade do controle do diafragma para fazer um número como esse. Você fez com muita categoria, dançando. Esse tipo de apresentação é um grande respeito a nós, ao público. A gente vê que você se preparou tecnicamente. Você fez gato e sapato de todos nós", disse Miguel Falabella.

"Existe uma respiração para cantar e outra para dançar. As duas juntas não combinam. Dançou lindamente, cantou lindamente. Foi maravilhoso, suas passagens para voz de cabeça foram um sonho", pontuou Claudia Raia.

Crédito

Di Ferrero empolgou os jurados e a plateia ao homenagear o cantor Jon Bon Jovi

Di Ferrero encerrou a noite de apresentações interpretando o roqueiro Jon Bon Jovi e, assim como Ludmilla, também recebeu as notas máximas dos jurados. "Você não entra pra perder, entra pra arrebatar, ganhar", disse Claudia Raia.

"Grande show. Isabeli [Fontana] tá pegando bem, hein? (risos) Fez inteiro, jogado, levantou a galera, fez com energia, virilidade, vitalidade", avaliou Falabella. "Foi inteligente na sua escolha. Fez o bom rock farofa do Bon Jovi. Me diverti pra caramba", opinou Boninho.

Diogo Nogueira emocionou os jurados ao interpretar seu pai, João Nogueira, na final

Diogo Nogueira deixou para a grande final a homenagem a seu pai, João Nogueira (1941-2000), e emocionou os jurados com sua performance. Ele abriu a noite da grande final e fez Miguel Falabella chorar, ganhando nota 10. "Ele está tendo muito respeito pelo DNA dele. Você fez com a alma, com o coração", disse.

"Acho super importante você fazer essa homenagem ao teu pai. Seguir a carreira do pai é complicado, eu caí nessa mesma roubada. Adorei o teu trabalho. Muito dificil você ter segurado a onda", disse Boninho, que lhe atribuiu 9,9.

Solange Almeida foi comparada a Elke Maravilha ao interpretar Christina Aguilera

Solange Almeida surpreendeu ao surgir como Christina Aguilera e cantar com sua voz potente o hit mundial Lady Marmalade. Embora os jurados tenham gostado da performance, a artista foi criticada pela caracterização e acabou comparada a Elke Maravilha (1945-2016).

"Christina Aguilera foi eleita a voz de uma geração. Subir aqui e interpretar a voz de uma geração não é pra quem quer, é pra quem pode. Um dos momentos mais bonitos do Show dos Famosos foi essa sua apresentação", disse Falabella.

Hugo Bonemer foi o único finalista a não receber nenhuma nota 10 na avaliação dos jurados

Hugo Bonemer fez uma apresentação vibrante como Freddie Mercury (1946-1991), mas os jurados não gostaram. O ator, um dos mais requisitados para o teatro musical do Brasil, foi o único que não recebeu nenhuma nota 10 dos jurados, que ressaltaram os momentos em que ele desafinou.

"Linda apresentação, linda caracterização. Eu gostaria muito de dar 10, mas estou sendo muito rigoroso nas minhas avaliações. Você deu uma tropeçada no começo", disse Falabella, atribuindo 9,9. O jurado foi vaiado pela plateia.

Claudia Raia e Boninho foram no embalo e lhe deram a mesma avaliação. "Você simplesmente pegou o maior de todos, o mais espetacular de todos. É um intérprete único, canta lá em cima, é dificílimo. A voz deu uma quebrada e aquilo te deu uma desestruturada", disse a atriz.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook