REALITY SHOW

Léo Stronda constrange participantes de A Fazenda ao sugerir consumo de heroína

REPRODUÇÃO/PLAYPLUS

O funkeiro Léo Stronda causou constrangimento ao sugerir consumo de droga ilícita em reality da Record - REPRODUÇÃO/PLAYPLUS

O funkeiro Léo Stronda causou constrangimento ao sugerir consumo de droga ilícita em reality da Record

GABRIEL SOUZA e GABRIEL PERLINE - Publicado em 26/10/2018, às 19h48 - Atualizado em 27/10/2018, às 04h00

Léo Stronda constrangeu seus colegas de confinamento em A Fazenda no fim da tarde de sexta-feira (26). Em conversa com a peoa Luane Dias, com quem engatou um relacionamento no reality show da Record, o funkeiro de 26 anos sugeriu que eles usassem heroína para conseguir dormir. "Vontade de esquentar heroína na colher e capotar ali", disse.

Intrigada, a ex-dançarina pediu para repetir sobre o que ele estava falando: "Esquentar um bagulho na colher?". Sussurrando, Stronda confirmou: "Heroína". Constrangida, ela desviou o olhar do namorado e começou a rir, aparentando não acreditar no que tinha ouvido.

Procurada pelo Notícias da TV, a Record informou que os participantes confinados em A Fazenda não têm acesso a substâncias proibidas. A emissora afirma que eles só podem utilizar drogas lícitas, como cigarros e medicamentos, desde que previamente autorizados pela equipe médica envolvida no programa.

A heroína é uma droga extremamente nociva ao corpo humano. Ela prejudica o funcionamento do sistema nervoso central. Logo após injetar a droga, o usuário vive um rápido estado de euforia, que dá lugar a um estado sonolento, praticamente fora da realidade. Pouco tempo depois, o usuário entra numa sensação depressiva, que o força a procurar algo que repita o efeito da droga.

O uso e a comercialização da heroína é proibido no Brasil. O usuário que for flagrado consumindo a droga ilícita pode ser condenado a medidas socioeducativas. Para o traficante, a pena é de prisão, sem direito ao pagamento de fiança.

Um dos colegas de confinamento de Stronda é o ex-Polegar Rafael Ilha, que ficou marcado por seus problemas com o uso de drogas. No próprio reality, ele chegou a comentar sobre a overdose que teve em cima de uma moto. "Acordei com um motorista de ônibus massageando meu peito", contou.

Ilha também revelou que já foi internado 33 vezes em clínicas de reabilitação, e que com 13 anos já consumia maconha e álcool. Dois anos depois, ele foi para uma clínica pela primeira vez.

Esta é a 10ª temporada do reality rural da Record, que passou a ser apresentado por Marcos Mion. Ele é o quarto comandante do programa, que antes teve como rostos Britto Jr, Rodrigo Faro e Roberto Justus.

Veja o vídeo em que Léo Stronda insinua consumo de heroína dentro do reality:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook