Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HÁ 26 ANOS

Atores do seriado infantil Bananas de Pijamas revelam que são casados

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

B1 e B2 no seriado Bananas de Pijamas em um vídeo do Youtube

B1 e B2 eram os protagonistas da série Bananas de Pijamas; os atores são casados há quase 30 anos

REDAÇÃO

Publicado em 27/8/2019 - 15h32
Atualizado em 27/8/2019 - 15h33

O ator Mark Short, que interpretou o personagem B1 do seriado infantil Bananas de Pijamas, revelou durante o reality show australiano The Greatest Dancer que é casado com o intérprete do B2 há 26 anos. "Eu era o B1 e meu namorado era o B2. Atuamos nos mesmos capítulos e depois de mais de 26 anos continuamos juntos", contou o ator.

A série foi produzida na Austrália nos anos 1990 e exibida no Brasil pelo SBT e pelo canal Nickelodeon. O ator contou a história de amor para a jornalista Kat Brown nos bastidores da competição de dança, que lembra o estilo da Dança dos Famosos.  

No seriado infantil, os protagonistas usavam fantasias de duas bananas gigantes e também contracenavam com o Rato de Boné, os três ursos (Amy, Lulu e Morgan), e um passarinho preto e mudo chamado Maggie, que só apareceu em três episódios. O programa começou em 1992 e terminou em 2000. Teve seis temporadas e 300 episódios no total.

Os nomes de Short e seu parceiro, Ashley, não aparecem em nenhuma lista de atores que trabalharam em Bananas de Pijamas, nem no IMDB (Internet Movie Database, site que concentra fichas técnicas de milhares de produções audiovisuais do mundo todo).

Os fãs do The Greatest Dancer acreditam que os dois se apresentaram com nomes diferentes e que isso foi uma tática de Short para chamar a atenção e conquistar a aceitação do público. Short fez teste para entrar na competição, mas não passou para a fase seguinte.

Confira um episódio de Bananas de Pijamas disponível no Youtube: 

TUDO SOBRE

SBT

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.