Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MEMÓRIA DA TV

Há 40 anos, primeira novela feita pelo SBT era ofuscada por furacão mexicano

REPRODUÇÃO/TELEVISA

Os protagonistas de Os Ricos Também Choram; homem próximo ao rosto de mulher, ela sorri, ambos com trajes de gala, em foto de 1979

Os protagonistas de Os Ricos Também Choram, de 1979; novela foi exibida pelo SBT nos anos 1980

THELL DE CASTRO

Publicado em 22/5/2022 - 7h13

Há 40 anos, no dia 29 de maio de 1982, terminava Destino, primeira novela produzida pelo SBT, que tinha poucos meses de vida. A atração foi ofuscada por uma produção mexicana, que estreou no mesmo dia na emissora e fez muito sucesso.

O enredo de Destino era simples, centrado nos protagonistas e sem núcleos paralelos: Fernando (Flávio Galvão) estava casado havia oito anos com Glória (Ana Rosa), em uma união feliz, ao lado dos filhos Rafael (Denis Derkian) e João (Ricardo Blat).

A chegada de Lorena (Tânia Regina), sua ex-noiva, agora uma importante modelo, acabava por influir na felicidade do casal. Além disso, seu filho, João desaparecia.

No elenco, nomes conhecidos pelo público, como Ana Rosa e Flávio Galvão, que viviam Glória e Fernando; Ricardo Blat, Amilton Monteiro, Guy Loup e Percy Aires, entre outros.

Conhecida por ser a dubladora de Florinda Meza em Chaves e Chapolin, Martha Volpiani também participou, vivendo Mônica.

Com produção precária e orçamento mensal de 10 milhões de cruzeiros, a trama era foi originada de um texto mexicano, fato que marcou as primeiras atrações do segmento feitas pela emissora de Silvio Santos. Com base no original de Marisa Garrido, o texto foi adaptado por Raimundo Lopes e Crayton Sarzy.

Produção engessada

Ao livro Biografia da Televisão Brasileira, de Flávio Ricco e José Armando Vannucci, Ricky Medeiros, que foi um dos braços-direitos de Silvio Santos, falou sobre a empreitada.

"Eu fui até lá para comprar os roteiros direto dos autores para serem realizados aqui no Brasil", explicou. "Essas novelas se davam bem no mundo inteiro e poderiam funcionar por aqui. O problema é que se cometeu o erro de não as adaptar para a realidade brasileira", pontuou.

Silvio Santos simplesmente não permitia que a equipe mexesse no script original. "Ele até conseguiu capítulos gravados em VHS para fazer todas as marcações técnicas iguais, incluindo o posicionamento das câmeras e os detalhes dos cenários", detalhou o especialista Nilson Xavier em seu site, Teledramaturgia.

Para completar a tempestade perfeita, no mesmo dia em que Destino entrou no ar, em 5 de abril de 1982, o SBT colocou no ar a sua primeira novela enlatada: Os Ricos Também Choram, produção de 1979 da Televisa.

A novela mexicana fez muito sucesso, teve mais de 300 capítulos, e a protagonista Verônica Castro chegou a vir ao Brasil.

Destino teve apenas 55 capítulos e foi substituída por outra adaptação, A Força do Amor. A produção ainda foi reapresentada em duas oportunidades na faixa da tarde, em 1983 e 1991, sem grande repercussão.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.