Canta Comigo

Gugu Liberato confessa dificuldade para seguir 'bíblia' em programa da Record

Antonio Chahestian/Record

O apresentador Gugu Liberato com microfone na mão no estúdio do Canta Comigo

Gugu Liberato no estúdio do Canta Comigo, cuja segunda temporada estreia na Record nesta quarta (25)

FERNANDA LOPES - Publicado em 24/09/2019, às 05h38

Desde o ano passado, Gugu Liberato deixou de lado os programas de auditório com seu nome para apresentar atrações com formato pré-estabelecido, reality shows cujos direitos foram comprados pela Record para serem reproduzidos no Brasil. Hoje, o apresentador de 60 anos se diz totalmente adaptado e à vontade à frente do Power Couple e do Canta Comigo, mas confessa que já teve dificuldade para seguir as "bíblias" dos programas.

"O que mais senti de diferente [em relação às atrações anteriores] é que, num único formato, você precisa seguir uma série de regras, normas, o que aqui dentro é chamado de 'bíblia'. Essa foi a primeira coisa que achei difícil de seguir", revela.

"Mas, com ajuda dos diretores, eles vão te dando liberdade conforme você vai aprendendo a fazer o programa. Hoje me sinto mil vezes mais solto, tanto no Power Couple quanto no Canta Comigo, do que no ano passado, quando eu desconhecia [o funcionamento dos programas]", explica.

Nesta quarta (25), Gugu estreia a segunda temporada do Canta Comigo, que retorna no mesmo estilo: 100 jurados ligados ao mundo da música (alguns famosos, outros profissionais de bastidores) assistem às apresentações de cantores anônimos e decidem, de acordo com talento e carisma deles, se devem seguir na competição. 

Para o apresentador, esse é o programa mais impressionante e bonito visualmente que ele já fez na vida. "Tem capricho, cada jurado tem um microfone, imagina quão complexo é controlar 100 microfones. É um trabalho tão grande que no passado seria impossível fazer. O diferencial é a tecnologia de ponta. Nunca fiz algo tão grandioso. Só espero que supere a audiência que tivemos no ano passado", diz. 

O Canta Comigo está em ritmo acelerado de gravações: dois episódios já estão prontos, e mais oito serão feitos até o início de outubro. Apenas a final, em dezembro, será ao vivo.

Gugu gosta de gravar os episódios rapidamente para poder voltar a Orlando, nos Estados Unidos, onde mora com sua família. Fazer dois reality shows por ano, com a possibilidade de passar a maior parte de seu tempo fora do Brasil, é a rotina ideal para ele no momento. 

"Acabando esse programa aqui já volto para os Estados Unidos, tem formatura dos meus filhos, férias de Natal. Passo oito meses do ano lá e quatro aqui. No meu contrato [com a Record, que ainda tem validade por mais dois anos] está bem claro que devo apresentar dois programas por ano. Acho que meu lugar está garantido."

O Canta Comigo será exibido às quartas-feiras, a partir do dia 25, após A Fazenda.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook