Filmes e séries

Globo fecha acordo milionário com a Warner, parceira do SBT durante 15 anos

Divulgação

Melissa Benoist em cena de Supergirl, série da Warner que a Globo irá exibir no Brasil - Divulgação

Melissa Benoist em cena de Supergirl, série da Warner que a Globo irá exibir no Brasil

DANIEL CASTRO - Publicado em 29/08/2016, às 05h57 - Atualizado às 12h00

A Globo fechou na semana passada um acordo que lhe dará exclusividade sobre um pacote de filmes e séries distribuídos pela Warner Bros., que foi parceira do SBT durante 15 anos, de 1999 até 2013. O acordo inclui longas como Esquadrão Suicida, Batman Vs Superman - A Origem da Justiça, Mad Max - Estrada da Fúria e American Sniper, além das séries Supergirl e Legends of Tomorrow. Inédito entre as duas empresas, o contrato de longo prazo envolve algumas "dezenas de milhões" por ano, segundo uma fonte na Globo. No mercado, especula-se em pelo menos US$ 15 milhões.

O acordo foi confirmado nesta segunda-feira (29) por Carlos Henrique Schroder, diretor-geral da Globo, e por Jeffrey R. Schlesinger, presidente da Warner Bros. International Television. Será "inaugurado" no próximo dia 26 com a exibição de O Homem de Aço (2013) na sessão Tela Quente. Trata-se de um contrato de "volume deal", em que o comprador tem direito de escolher com prioridade uma quantidade pré-determinada de produtos do vendedor _no caso, especificado em milhões de dólares (os valores não foram revelados).

"Esse contrato com a Warner vai trazer mais variedade e bons filmes e séries para a programação da Globo, reforçando nosso compromisso com a TV aberta no Brasil", disse Schroder em nota oficial. "Os amantes do cinema se beneficiarão especialmente desse contrato porque teremos os maiores sucessos de bilheteria do cinema mundial. Todos os dias, falamos com 96 milhões de pessoas que se envolvem e se divertem com os filmes e séries que exibimos gratuitamente para o telespectador", completou.

Pelo acordo, a Globo passará a ter o catálogo de filmes da DC Comics, distribuído no Brasil pela Warner. Assim, a emissora se tornará a emissora "de todos os super-heróis na TV aberta" e exibirá produções com Batman, Superman, Mulher Maravilha, Lanterna Verde e Flash, entre outros heróis. A rede já tinha os direitos dos longas da Marvel, dos X-Men, Quarteto Fantástico, Homem Aranha, Incrível Hulk, Capitão América, Thor, Homem de Ferro e Os Vingadores. 

O ator Henry Cavill em O Homem de Aço, que vai inaugurar parceria da Globo com Warner 

 
Warner e SBT

A parceria da Warner Bros. com o SBT permitiu à rede de Silvio Santos exibir toda a saga Harry Potter e séries como Two and Half Men. Mas era cara. Custava cerca de R$ 30 milhões por ano e deixou de ser interessante com a queda de audiência de filmes na TV aberta. Em dezembro de 2013, o SBT encerrou a parceira. Por contrato, ainda tem direito de exibir desenhos, séries (como Two and a Half Man) e reprises de filmes. Isso não muda com o acordo da Globo com a Warner.

Sem a exclusividade do SBT, a Globo já vinha comprando produtos da Warner (as Flash, Gotham e Stalker por exemplo), mas de forma avulsa.

A Globo não costuma fechar acordos como era o do SBT com a Warner, em que a emissora adquiria todo o catálogo da distribuidora. Como todos os estúdios querem estar na Globo (porque seus filmes têm maior audiência), a emissora sempre negociou pacotes específicos. Ou seja, sempre pegou o melhor e deixou as sobras para a concorrência. É assim, por exemplo, com a Fox e com a Sony/Columbia. Com a Warner também.

Do catálogo da Warner, o SBT tem atualmente os direitos de The Big Bang Theory, Mike & Molly, The Following, Major Crimes, The Middle (Uma Família Perdida no Meio do Nada), Dallas, The Vampire Diares e Revolution _além de Two and a Half Man.

Algumas séries lançadas pela Warner de 2013 para cá continuam inéditas na TV aberta brasileira (e várias delas estão no novo pacote da Globo): 11.22.63, Blindspot, Constantine, Crazy Ex-Girlfriend, Jane The Virgin, Mom, The Last Ship, The Leftovers, Lucifer e Undateable _além de Supergirl e Legends of Tomorrow. A Globo não revelou quais séries comprou (apenas Supergirl e as já exibidas Flash e Gotham). Disse que as "séries compõem um pacote estratégico".


Colaborou JOÃO DA PAZ


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook