Nova série

Globo fará 'Mad Men' da televisão brasileira nos anos 1950

Divulgação/AMC

Jon Hamm, protagonista de Mad Men, em imagem da sétima temporada; série inspirou a Globo - Divulgação/AMC

Jon Hamm, protagonista de Mad Men, em imagem da sétima temporada; série inspirou a Globo

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/05/2015, às 05h43

A direção da Globo aprovou na semana passada a produção de uma série que pretende fazer com a televisão brasileira o que Mad Men fez com a publicidade americana. Com o título provisório de O País do Futuro, a série se passará nos anos 1950 e mostrará o nascimento da TV brasileira, com suas transmissões ao vivo, concomitantemente à era de ouro do rádio. Detalhes da produção, como quem poderá ser o intérprete da versão nacional de Don Draper (Jon Hamm), ainda são mantidos em sigilo.

O roteiro está sendo finalizado por Guel Arraes, Jorge Furtado, João Falcão e Mauro Wilson. A direção caberá a José Villamarim, da minissérie Amores Roubados (2014) e da novela O Rebu (2014). A previsão é de que série vá ao ar no começou de 2016.

Em sua sétima e última temporada, Mad Men é um dos maiores sucessos do canal americano AMC (no Brasil, é exibida pela HBO). No ar desde 2007, a série se passa em uma fictícia agência de publicidade na Madison Avenue, em Nova York. Premiada, tem sido elogiada por reproduzir com fidelidade a publicidade dos anos 1960 nos Estados Unidos. Seu protagonista é Don Draper (Jon Hamm), um diretor de criação mulherengo e movido a uísque.

A série da Globo não reproduzirá um ambiente tão glamouroso como o dos "mad men" da publicidade, mas tratará de homens tão loucos quanto _em seu livro de memórias, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, relata que a televisão brasileira em 1967, quando ele foi contratado pela Globo, era feita por loucos.

A orientação na Globo é para que a reprodução dos bastidores do rádio e da televisão nos anos 1950 seja fidedigna à história e ao figurino e costumes da época.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O Vídeo Show tem salvação?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook