COPA NA TV

Globo economiza na Copa da Rússia e deixa ex-árbitro perdido no Sportv

Reprodução/Sportv

Sem espaço na transmissão ao vivo, Paulo César de Oliveira comenta o jogo do Brasil após encerramento - Reprodução/Sportv

Sem espaço na transmissão ao vivo, Paulo César de Oliveira comenta o jogo do Brasil após encerramento

THELL DE CASTRO - Publicado em 17/06/2018, às 17h50

Comentarista de arbitragem da Globo, o ex-juiz Paulo César de Oliveira participou da transmissão do Sportv no empate entre Brasil e Suíça, neste domingo (17), pela Copa do Mundo. Por causa da decisão da Globo de enviar só o ex-árbitro Arnaldo Cezar Coelho à Rússia, Oliveira ficou totalmente perdido na transmissão e deixou de comentar instantaneamente dois lances polêmicos no principal jogo da primeira rodada do Mundial para o maior canal esportivo brasileiro.

Oliveira trabalhou diretamente dos estúdios do Sportv no Brasil, enquanto Milton Leite e os comentaristas Maurício Noriega e Lédio Carmona estavam no estádio, em Rostov-on-Don, na Rússia. Em virtude do delay na comunicação, o analista de arbitragem levou até cinco minutos para fazer comentários _uma eternidade para a TV ao vivo.

Milton Leite convocou Oliveira tanto no gol da Suíça, em que teria havido falta sobre o zagueiro brasileiro Miranda, quando no pênalti sobre Gabriel Jesus. O locutor ficou literalmente no "vácuo" _não teve resposta do colega de transmissão.

O telespectador do Sportv só soube que Paulo César de Oliveira viu falta sobre Miranda porque Milton Leite informou. Quando conseguiu opinar sobre a falta capital no camisa 9 do Brasil, Oliveira parecia até estar participando por telefone. Dizia que a imagem que a TV mostrava não deixava dúvida que tinha sido pênalti. Mas a TV exibia naquele momento uma substituição na Suíça.

Depois do jogo, Paulo César fez a análise de alguns lances diretamente do estúdio, mas sem interação com a equipe de transmissão no estádio.

A Globo enviou 197 profissionais para a Rússia, mas somente um comentarista de arbitragem, Arnaldo Cezar Coelho. Paulo César de Oliveira, Leonardo Gaciba e Renato Marsiglia ficaram no Brasil e estão participando pouco das transmissões, geralmente nos intervalos, para comentar lances polêmicos.

Galvão revoltado com arbitragem
Na Globo, Galvão Bueno ficou revoltado com a arbitragem do mexicano. "Eu estou dizendo que isso de árbitro de vídeo vai dar lambança. Ajudaram a França ontem, agora prejudicaram o Brasil. Foi falta clara", disse o narrador logo após o gol da Suíça.

No lance em que o Brasil pediu pênalti, Galvão reclamou novamente e foi enfático: "Para que existe esse tal de árbitro de vídeo. Estou dizendo isso há meses e meses. É um blefe", esbravejou.

No começo do jogo, logo após o gol do Brasil, Galvão, geralmente ufanista, reagiu com cautela ao ouvir a torcida gritar "o campeão voltou". "Calma, é muito cedo. Mas a galera está animada", disse.

Leia também:

Crise de hemorroidas fez Galvão estrear na Globo com Brasil em Copa do Mundo

Na Copa da tecnologia, árbitro de vídeo ganha status de 'justiceiro' e faz história


THELL DE CASTRO é jornalista, editor do site TV História e autor do livro Dicionário da Televisão Brasileira. Siga no Twitter: @thelldecastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook