Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Crise

Fábio Porchat vira 'nova' Xuxa e é amaldiçoado na Record

Reprodução/TV Record

Xuxa Meneghel e Fábio Porchat no programa da loira; humorista está prestes a ser contratado - Reprodução/TV Record

Xuxa Meneghel e Fábio Porchat no programa da loira; humorista está prestes a ser contratado

DANIEL CASTRO

Publicado em 25/11/2015 - 5h43

Fábio Porchat ainda não assinou com a Record, mas já está sendo amaldiçoado nos bastidores da rede de Edir Macedo. Funcionários estão revoltados com a contratação do humorista, que deve apresentar um talk show duas vezes por semana a partir do segundo semestre do ano que vem. É que as negociações estão ocorrendo em um momento em que a Record está demitindo centenas de empregados.

Profissionais menos graduados não se conformam com uma "contratação milionária" enquanto seus colegas perdem o emprego. Culpam Porchat pelos cortes e rogam praga no humorista. Dizem que ele será uma nova Xuxa: vai custar caro à Record e até trazer algum prestígio, mas o resultado no Ibope será quase nulo. Os mais pessimistas não acreditam que um humorista do Porta dos Fundos, que faz sucesso na internet, agrade ao público conservador da Record.

As negociações entre Record e Fábio Porchat estão bastante avançadas. Um desfecho é aguardado para os próximos dias.

Com o fim da primeira temporada da novela Os Dez Mandamentos, a Record demitiu nos últimos dias cerca de 400 funcionários no RecNov, a central de estúdios da emissora no Rio de Janeiro, confirmando informação publicada em primeira mão pelo Notícias da TV em julho. Metade deve ser recontratada, apenas por obras certas, pela produtora Casablanca, que assumirá sete dos dez estúdios do RecNov _os outros três serão ocupados pela filial carioca da emissora. Toda a produção de novelas e programas de entretenimento no Rio será terceirizada (outra informação publicada primeiro pelo Notícias da TV, neste caso em abril do ano passado).

Enquanto no Rio as demissões são irreversíveis, em São Paulo o processo de terceirização caminha para uma reviravolta. A produção do programa Roberto Justus +, que já tinha sido avisada de que seria dispensada e recontratada por uma produtora, continuará como está, dentro da estrutura da própria Record. Chegou-se à conclusão de que, ao contrário do modelo em implantação no RecNov, em que uma empresa assume toda a gestão dos estúdios, isso não funcionaria em São Paulo, onde apenas a mão de obra seria terceirizada.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Web Stories

+
Como Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?