Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVO CAPÍTULO

Em briga por pensão, Tereza Seiblitz acusa André Gonçalves de negligenciar filha

REPRODUÇÃO/RECORD

Montagem com Tereza Seiblitz e André Gonçalves

Tereza Seiblitz e André Gonçalves; atriz acusou ator de ter sido negligente com a criação da filha

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 9/1/2022 - 21h20

Em um novo capítulo da briga pelas pensões atrasadas de André Gonçalves, Tereza Seiblitz acusou o ator de ter sido negligente com a criação da filha deles, Manuela Seiblitz. Neste domingo (9), a atriz afirmou que o ex-companheiro nunca participou da criação da herdeira. "Não foi em uma reunião da escola", desabafou. 

"O pai nunca foi em uma estreia, não foi em uma reunião da escola. Em algum lugar, e não sei aonde, porque só a Manuela pode saber [como isso a afeta]. Tive um pai muito presente, então não faço ideia do que é não ter um pai que esteja lá, na hora que você precisa afetivamente", afirmou Teresa em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record.

Tereza disse que os problemas com a pensão começaram em 2009. "Ele não pagava sempre. Pagava [um período], parava de pagar [em outro]. Eu estava contratada, enfim, não era um problema", pontuou.

"Começou a virar um problema quando não estava mais contratada, e ele baixou a pensão. Tentei conversar com ele umas três vezes. Ele foi muito grosso, falou que não queria conversar e mandou um advogado direto", explicou a atriz.

Gonçalves teve a prisão decretada pela Justiça de Santa Catarina em novembro de 2021. A decisão foi tomada devido ao atraso no pagamento da pensão da filha Valentina Benini, fruto do relacionamento com a jornalista Cynthia Benini. Neste caso, a dívida ultrapassa R$ 350 mil e, por isso, ele foi obrigado a usar tornozeleira eletrônica.

Manuela também foi à Justiça por causa do atraso da sua pensão, avaliada em R$ 109 mil. No entanto, mesmo com a prisão domiciliar decretada, Gonçalves aproveitou o Réveillon em um hotel de luxo localizado em Angra dos Reis (RJ). O espaço conta com diárias avaliadas em cerca de R$ 3 mil.

Para a repórter Fernanda Sanches, Tereza opinou sobre a prisão de Gonçalves: "A punição é importante porque move as coisas, o sujeito, é preciso se mover. Mas tem coisas horríveis porque afeto não se obriga. Então, esse buraco do afeto, realmente não sei. A intenção de que ele desperte, se retrate com as filhas, que tenha outra postura".

Procurado pela Record, Gonçalves disse que foi orientado pelo seu advogado a não dar entrevistas sobre o caso.

Confira um trecho da reportagem:


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.