Jornalismo

Diretor deixa o Fantástico após 25 anos e gera tensão nos bastidores da Globo

Divulgação/TV Globo - 2014

Luiz Nascimento, Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt apresentam cenário do Fantástico  - Divulgação/TV Globo - 2014

Luiz Nascimento, Renata Vasconcellos e Tadeu Schmidt apresentam cenário do Fantástico

DANIEL CASTRO - Publicado em 16/08/2017, às 05h19

Diretor do Fantástico desde 1993, Luiz Nascimento vai se aposentar no final do ano. O jornalista de 66 anos já avisou seus superiores e colegas mais próximos que em 2018 vai morar em Lisboa, onde tem imóveis. Vai acompanhar a mulher, Eugenia Moreyra, diretora da GloboNews, que também está encerrando a carreira. As saídas de Nascimento e de Eugênia estão causando tensão nos bastidores da Globo.

De um lado, há os subalternos de Luizinho, como Nascimento é conhecido, que temem as mudanças que poderão ocorrer no Fantástico. De outro lado, há uma disputa velada pelo seu cargo. Nos bastidores, aposta-se no nome de Ricardo Villela, diretor de jornalismo da Globo em Brasília, em em Luiz Petry, atualmente chefe de Redação do dominical.

A vaga de Eugenia Moreyra também está sendo cobiçada. Ela quer emplacar Carlos Jardim, seu chefe de Redação, para o desespero de profissionais do canal, que não têm bom relacionamento com ele. A torcida é por um nome de fora.

Nascimento é o mais longevo diretor do Fantástico. Nenhum antecessor chegou perto de comandar o programa durante 25 anos. Ele implantou diversas inovações na revista dominical (como as primeiras experiências de interatividade via internet) e abriu mais espaço para reportagens investigativas e denúncias. 

Em 2001, Nascimento estava tão prestigiado na Globo que foi convocado para resolver uma crise de audiência do Domingão do Faustão. Durante alguns meses, a área de jornalismo comandou a atração de entretenimento _o que tinha tudo para não dar certo, e não deu. No ano anterior, ele atuou como coordenador de jornalismo de No Limite, o primeiro reality show da TV brasileira.

Eugenia Moreyra também passou por No Limite e pelos primeiros anos de Big Brother Brasil. Antes, foi editora do Fantástico, já sob o comando do marido. Ela assumiu a GloboNews em 2011.

Procurada, a Globo não comentou o assunto.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual sua novela preferida atualmente?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook