Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Enigmas de Westeros

Conheça as teorias mais mirabolantes da reta final de Game of Thrones

Fotos: Divulgação/HBO

Lena Headey e Nikolaj Coster-Waldau em GoT: romance entre irmãos pode ter fim trágico - Fotos: Divulgação/HBO

Lena Headey e Nikolaj Coster-Waldau em GoT: romance entre irmãos pode ter fim trágico

JOÃO DA PAZ

Publicado em 16/8/2017 - 4h44
Atualizado em 16/8/2017 - 5h10

Três teorias mirabolantes devem ser confirmadas nos dois últimos episódios da chamuscante sétima temporada de Game of Thrones. Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), em meio à luta pelo Trono de Ferro e ao combate aos temíveis White Walkers, deve descobrir que tem um irmão, embora ainda não saiba que é tia de Jon Snow (Kit Harington).

Com base na trama apresentada até agora e nos livros de George R. R. Martin, também deve ser revelado nessa reta final um "príncipe que foi prometido", um salvador da pátria que irá livrar o povo de Westeros do exército de zumbis vindo do norte.

Outro grande acontecimento da penúltima temporada deve ser o assassinato de Cersei (Lena Headey) por seu irmão e amante Jaime (Nikolaj Coster-Waldau).

O Notícias da TV explica cada uma dessas teorias: 

Peter Dinklage em Game of Thrones; dragão manso com o anão Lannister é pista de teoria

Anão Targaryen
Não era à toa o ódio do patriarca Tywin Lannister (Charles Dance) contra o filho anão. Essa teoria aponta que Tyrion é na verdade um Targaryen, fruto de uma relação entre a mulher de Tywin, Joanna, com Aerys II, pai de Daenerys. O caso de Joanna com Aerys II teria acontecido quando Tywin era conselheiro do Rei Louco.

Há algumas evidências que corroboram a hipótese. Falta em Tyrion a cor de cabelo característica dos Lannister, o loiro. Nos livros de Martin, o cabelo do anão é descrito como pálido, quase branco, portanto parecido com o de Daenerys.

A bastardia de Tyrion explicaria o rancor entre ele e seu suposto pai. Tywin foi assassinado covardemente com uma flechada disparada pelo anão. Antes do último suspiro, o pai de Cersei e Jaime falou com todas as letras: "Você não é filho meu!"

Tyrion ser um Targaryen esclareceria outros pontos sem nó. Assim como Daenerys, ele tinha sonho com dragões. No segundo episódio da sexta temporada, o anão ficou frente a frente com dois dragões, Rhaegal e Viserion, e fez um carinho neles, como se fossem inocentes filhotes de cachorro. Só os Targaryen conseguem ter tamanha intimidade com essas feras.

A cena foi parecida com a vista no episódio do último domingo (20), em que Jon Snow (Kit Harington) tocou Drogon, que tinha acabado de matar centenas de soldados. O públlico já sabe que Snow é um Targaryen.

Tudo isso justificaria a tese do dragão de três cabeças, símbolo da casa Targaryen. Aegon, junto com suas duas irmãs-mulheres, conquistaram Westeros com um dragão cada um. Daenerys tomaria o reino de novo para sua família montando um dragão e os outros dois seriam “pilotados” por Tyrion e Jon Snow.

Mas, conforme cenas vazadas do sexto episódio, exibidas pela HBO da Espanha, Daenerys deverá perder um dragão, o Viserion, morto pelo Rei da Noite. O bicho, então, se transformará em um dragão de gelo, comprovando outra teoria da serie.

Jaime mata Cersei
Como confiar em alguém com o apelido de Kingslayer (Matador de Reis)? Jaime Lannister ganhou essa alcunha após assassinar, pelas costas, o Rei Louco. A teoria de que ele mataria a irmã-amante, atual rainha de Westeros, se sustenta em uma profecia contada no primeiro flashback da série.

Na estreia da quinta temporada, a ainda jovem Cersei visitou uma feiticeira. Tudo o que a bruxa profetizou (terá três filhos e todos vão morrer, será rainha) se concretizou, menos um.

"O irmão mais novo apertará sua garganta branca pálida e tirará a vida de você", disse a feiticeira. Se confirmar que Tyrion é um Targaryen, a ingrata missão será de Jaime. 

Drogon recebe carinho de Jon Snow (Kit Harington); fera cheirou o bastarado Stark e nada fez

Quem é o salvador?
No último grande inverno, chamado de Longa Noite, um guerreiro salvou Westeros dos White Walkers. Azor Ahai surgiu com uma espada de fogo, a Luminífera, e foi fundamental para acabar com o grande conflito.

Acredita-se que seu espírito será encarnado, milhares de anos depois, para livrar o continente da atual invasão. Nesta temporada, essa profecia do deus Senhor da Luz foi lembrada por Melisandre (Carice van Houten), que falou a Daenerys do "príncipe que foi prometido", um líder messiânico.

Um detalhe é que no escrito original, em idioma valiriano, não há distinção de gênero para a palavra príncipe. Ou seja: pode ser uma princesa salvadora ou príncipe salvador.

As apostas caem sobre Daenerys e Snow. Existe o relato de que o tal messias venceria a morte e ressurgiria _e Daenerys já sobreviveu ao fogo duas vezes e Snow ressuscitou. Melisandre acredita que Snow é o príncipe prometido, mas vê em Daenerys uma pessoa importante para ajudar essa importante profecia se concretizar.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.62%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%