Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ESPORTE ESPETACULAR

Detido no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho dá prejuízo à Globo; entenda

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Ronaldinho Gaúcho em campo pela Seleção Brasileira

Ronaldinho Gaúcho em campo pela Seleção Brasileira; Globo suspendeu série que contaria sua trajetória

GABRIEL PERLINE

Publicado em 5/3/2020 - 18h23

A detenção de Ronaldinho Gaúcho no Paraguai por suspeita de uso de passaporte falso caiu como uma bomba na Globo. Na quarta-feira (4), a emissora iniciou a divulgação massiva da série R40, em homenagem aos 40 anos do ex-jogador, prevista para estrear neste domingo (8), no Esporte Espetacular. A estreia foi suspensa e agora toda a equipe do programa corre contra o tempo para tapar o buraco da programação.

R40 foi dividida em três episódios de 40 minutos de duração cada. A série começaria a ser veiculada neste fim de semana e se encerraria em 22 de março, um dia depois do aniversário de 40 anos de idade de Ronaldinho.

Com o desfalque do capítulo de estreia, todos estão trabalhando a toque de caixa para produzir materiais improvisados para este fim de semana.

A série contaria toda a história do jogador de futebol, enaltecendo suas principais conquistas, sobretudo na Seleção Brasileira. Além de depoimentos de grandes nomes da modalidade, também mostraria Galvão Bueno narrando o primeiro gol de Ronaldinho com a camisa verde e amarela, marcado em 30 de junho de 1999.

Procurada, a Globo não se manifestou até a publicação deste texto.

Ronaldinho, nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro como Embaixador do Turismo, foi detido na noite de quarta (4) no hotel em que está hospedado em Assunção, no Paraguai, onde permanece sob custódia da polícia local.

Ele e seu irmão, Assis Moreira, são investigados pelo Ministério Público por suspeita de uso de passaportes e documentos de identificação paraguaios falsos. 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você acha que a Globo deu um tiro no pé em reprisar uma novela tão recente como A Força do Querer?