Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Imagina na Record...

Crise faz Globo cortar sorteio de presentes caros e frustra funcionários

Reprodução/TV Globo

Alex Escobar, apresentador do sorteio de fim de ano da Globo, no Vídeo Show de segunda (14) - Reprodução/TV Globo

Alex Escobar, apresentador do sorteio de fim de ano da Globo, no Vídeo Show de segunda (14)

DANIEL CASTRO

Publicado em 16/12/2015 - 5h34

Não está fácil pra ninguém. Nem para a Globo, detentora de 75% do faturamento publicitário da TV brasileira. Por causa da crise econômica, a emissora cortou neste ano um tradicional sorteio de brindes de final de ano entre seus funcionários. Diferentemente dos últimos anos, em 2015 a emissora não vai sortear 300 mimos caros e desejados, como tablets e televisores de telas grandes. Apesar de a Globo ter mantido outras regalias, como a distribuição uma farta cesta de Natal, vale-compras de R$ 620 e festa de confraternização, muitos funcionários ficaram frustrados com o corte dos sorteios.

A Globo confirma o cancelamento dos brindes extras. Em nota, o departamento de Comunicação afirma que neste ano a emissora "privilegiou ações que pudessem contemplar todos os funcionários e não apenas alguns". E prossegue: "Não é segredo para ninguém que o país passa por um momento de tensão econômica. Nesse cenário, avaliamos que seria mais conveniente atuar dessa forma".

O sorteio de brindes era transmitido em circuito interno de vídeo, sempre na véspera da confraternização dos funcionários, que acontece hoje (16) no Rio de Janeiro. A "cerimônia" era sempre ancorada por apresentadores da casa, como Alex Escobar, do Esporte Espetacular, e Mariana Gross, do RJ-TV. Os sorteados ganhavam vale-compras no valor dos produtos, que podiam trocar em três grandes redes de varejo anunciantes da emissora. Por serem valiosos, a maioria acima de R$ 1.000, eram muito desejados.

Nos bastidores da Globo, muitos funcionários também estão reclamando que o vale-compras de Natal não foi reajustado. Apesar da inflação de mais de 10%, foi mantido o mesmo valor de 2014 (R$ 620). Mas poderia ser bem pior: na Record, os funcionários até agora não sentiram o cheiro de panetone _como nos últimos anos.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Divórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas