Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ALERTA

Criminosos usam Celso Russomanno para praticar 'golpe do WhatsApp'

REPRODUÇÃO/RECORD

Imagem de Celso Russomanno no Cidade Alerta

No Cidade Alerta, Celso Russomanno alerta telespectadores sobre golpe do WhatsApp com sua imagem

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 23/1/2021 - 19h32

Criminosos passaram a utilizar a imagem de Celso Russomanno para praticarem o golpe do WhatsApp. Neste sábado (23), o apresentador da Patrulha do Consumidor disse que recebeu denúncias de pessoas que foram vítimas do crime e prometeu uma caça aos responsáveis.

"Mandaram um código para o WhatsApp, a consumidora acreditou que estava falando com a minha equipe e inseriu o código no celular dela. Clonaram o WhatsApp dela e começaram a pedir dinheiro para todo mundo", explicou Russomanno no Cidade Alerta, da Record.

Segundo o relato, bandidos criaram perfis falsos no Instagram com fotos de Russomanno e passaram a buscar consumidores que desejam o suporte do quadro. Durante a conversa, eles se apresentam como integrantes da produção da Record e pedem dados pessoais dos interessados, entre eles, o número do telefone cadastrado no aplicativo de mensagens.

Com essa informação, eles cadastram o contato em outro telefone e solicitam o código enviado para o consumidor. Assim, os criminosos realizam a clonagem do aplicativo e passam a pedir dinheiro para os contatos telefônicos da vítima.

"O trabalho da Patrulha do Consumidor é gratuito. Os contatos com a gente são através do R7 ou nas minhas redes sociais, mas não pedimos código", alertou o político. "Nem senha de cartão, de zap, sms, nada disso", complementou Luiz Bacci.

"Se tem alguém propondo alguma coisa, querendo cobrar, é golpe! Saia fora! A gente vai atrás desse pessoal", prometeu Russomanno.

Confira um trecho do programa:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?