Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ROB COHEN

Atriz italiana acusa diretor de Velozes & Furiosos de estupro; cineasta nega

Reprodução/Instagram e Reprodução/YouTube

Montagem com uma foto da atriz Asia Argento e outra do diretor Rob Cohen

Asia Argento e o diretor Rob Cohen; atriz acusou o cineasta de estupro após trabalharem juntos em 2002

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 23/1/2021 - 17h50

A atriz italiana Asia Argento, de 45 anos, acusou Rob Cohen, responsável por dirigir o primeiro filme da franquia Velozes & Furiosos, de tê-la drogado e estuprado durante as filmagens de Triplo X (2002), há 19 anos. Na época, ela estava com 26. O cineasta negou as acusações.

Asia falou sobre o assunto em entrevista ao jornal italiano Corriere Della Sera. Cohen a escalou para protagonizar o filme de ação ao lado de Vin Diesel e Samuel L. Jackson. A atriz deu mais detalhes do ocorrido em sua biografia, Anatomia di un Cuore Selvaggio (Anatomia de um Coração Saudável, em tradução livre).

Durante a entrevista, na qual afirma ter sido a primeira vez que falou sobre Cohen, Asia revela que o diretor a fez beber GHB antes de estuprá-la. Trata-se da droga gama-hidroxibutirato, conhecida popularmente por Boa Noite, Cinderela, que faz as vítimas adormecerem.

"Na época, eu realmente não entendi o que havia acontecido. Eu acordei no dia seguinte nua na cama dele", descreve a atriz.

Apesar de ter sido a primeira vez que falou sobre o abuso de Cohen, Asia já ajudou a derrubar outro poderoso de Hollywood acusado (e condenado) por estupro de mulheres. Ela foi uma das mentoras do movimento Me Too, que reuniu vítimas do ex-produtor e predador sexual Harvey Weinstein.

"Eu tinha removido o estupro. Quando ele voltou e se desculpou dizendo que era meu amigo, oferecendo-se para me ajudar a encontrar uma babá para Anna Lou na América, em 2002, eu ainda não havia iniciado a jornada analítica para entender o que ele havia feito comigo duas vezes", acrescentou.

Ao tomar conhecimento da reportagem, um representante de Rob Cohen enviou um comunicado à publicação e negou as acusações.

"O Sr. Cohen nega categoricamente a acusação de Asia Argento, é absolutamente falsa. Quando eles trabalharam juntos tiveram uma ótima relação e o Sr. Cohen a considerava uma amiga, então essa alegação referente a 2002 é confusa --principalmente se considerado o que foi noticiado sobre ela nos anos recentes", escreveu.

O noticiado citado pelo representante de Cohen diz respeito a uma acusação sofrida pela atriz de ter abusado do ator Jimmy Bennett em 2017, quando o jovem tinha apenas 17 anos.

No início, Asia negou as acusações, mas depois admitiu que teve relações sexuais com Bennett. Apesar de afirmar que o encontro foi acordado entre os dois, pela leis da Califórnia, estado onde ocorreu o abuso, idade mínima para a prática sexual consensual é de 18 anos.


Leia também

Web Stories

+
Lançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrentaJuliette, craques do futebol e estrelas do pop: Os 10 maiores influenciadores do mundoDe sequestro-relâmpago a surto de ciúme: Veja a história de Kyra e Alan em Salve-se Quem PuderDe buraco de minhoca à salvação do Tesseract: O que você precisa saber antes de ver LokiDe harmonização facial a Dança dos Famosos: Veja como está o elenco de A Gata Comeu

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor série nacional lançada em 2021?