Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CASOS AUMENTARAM

Covid assombra Jornalismo da Globo, e emissora perde três apresentadores

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ana Paula Araújo com um vestido azul na bancada do Bom Dia Brasil antes de testar positivo para a Covid

Ana Paula Araújo no Bom Dia Brasil: afastada por teste positivo com Covid, que cresceu na Globo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 9/6/2022 - 13h56

A Globo vive um momento delicado com a Covid-19 em sua área de Jornalismo. Neste momento, pelo menos três apresentadores foram afastados do comando de seus telejornais por terem testado positivo para a doença. O principal nome é Ana Paula Araújo, titular do Bom Dia Brasil. Dois produtores de programas jornalísticos no Rio de Janeiro também contraíram o vírus.

Ana Paula não apresenta o Bom Dia Brasil desde a última segunda-feira (6). Na terça (7), ela teve sintomas e foi afastada. No mesmo dia, a jornalista fez teste, e o resultado foi positivo. Desde então, ela é substituída por Mariana Gross, titular do RJ1 que já é substituta de Ana Paula em folgas e férias desde que Chico Pinheiro deixou a Globo.

A expectativa interna é de que Mariana Gross fique até esta sexta-feira no comando do telejornal matinal. Pelo protocolo, Ana Paula Araújo deverá retornar na próxima segunda (13), caso teste negativo. Ela está assintomática, pelo que apurou o Notícias da TV. Sua assessoria confirma o afastamento por Covid-19.

A Globo também tem contratempos deste tipo em sua filial no Recife. Dois titulares de seus três jornais locais estão com Covid: Clarissa Góes, do Bom Dia Pernambuco, e Bruno Fontes, âncora recém promovido para a apresentação do NE1.

Em seus lugares, foram escalados Giuliano Roque e Mário Carvalho, respectivamente. Roque, inclusive, fez sua estreia na apresentação de telejornais na Globo. Assim como Ana Paula Araújo, a expectativa da emissora é de que Fontes e Clarissa retornem plenamente em meados da semana que vem.

Nos últimos dias, a Globo tomou providências para frear o crescimento da Covid em suas dependências. A primeira é a volta da recomendação que repórteres do Jornalismo em São Paulo e no Rio de Janeiro usem máscaras ao ar livre. Os profissionais estavam liberados desde fevereiro para aparecerem no ar sem a proteção. 

No Entretenimento, também há mais cautela. As plateias de programas como Encontro, Caldeirão com Mion, Altas Horas e Domingão com Huck serão obrigadas a usar máscara para assistirem às atrações em estúdio. A liberação havia acontecido na primeira quinzena do mês passado.

Outra medida envolve os profissionais de bastidores. Produtores e cinegrafistas definitivamente voltarão a usar a máscara protetiva. Até então, produtores estavam liberados, e operadores que participavam dos trabalhos nos estúdios também tinham a opção de não usar máscara.

Nas novelas, a Globo obrigou produtores e atores a ficarem máscaras nos corredores e só tirá-las quando as gravações estiverem acontecendo. O mesmo vale para trabalhos feitos em externas, em tramas como Pantanal. Até então, o uso era facultativo.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.