Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

A CULPA É DA CARLOTA

Com 'humor feminista', Comedy Central estreia 1ª atração só com mulheres

DIVULGAÇÃO/COMEDY CENTRAL

Cris Wersom no cenário de A Culpa É da Carlota

Cris Wersom no cenário de A Culpa É da Carlota; programa com elenco 100% feminino estreia nesta segunda (3)

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 3/2/2020 - 4h52

Após o sucesso do humorístico A Culpa É do Cabral, o Comedy Central decidiu lançar uma versão paralela, com um elenco só de mulheres. Com um "humor feminista", para mostrar que não são só os homens que sabem fazer stand-up, A Culpa É da Carlota estreia nesta segunda-feira (3) com comediantes de cinco Estados brasileiros.

As estrelas da atração --Cris Wersom, Arianna Nutt, Bruna Louise, Carol Zoccoli e Dadá Coelho-- contam ao Notícias da TV quais são as expectativas para essa primeira temporada, gravada no ano passado em São Paulo. "Eu me senti pertecendo a uma coisa muito importante, que eu ainda não sei o que que é", adianta Cris, a mediadora do programa.

Veterana no humor, Carol foi questionada sobre o programa se basear em um humor voltado para mulher. "Não é como se fizéssemos piadas feministas, ou que tenhamos que nos declarar como feministas, mas se são cinco mulheres falando o que pensam, machista não é", explica a comediante do Mato Grosso.

Para quem não conhece a versão original, a atração consiste em reunir cinco humoristas de zonas diferentes do Brasil para fazer piadas sobre as coisas que só o povo brasileiro inventa e faz. O time masculino, comandado por Fabiano Cambota (de Goiás), conta ainda com Rafael Portugal (Rio de Janeiro), Thiago Ventura (São Paulo), Nando Viana (Rio Grande do Sul) e Rodrigo Marques (Pernambuco).

A partir de hoje e sempre às segundas, Cris, natural de São Paulo, mediará a mesa-redonda de humor com Carol, Arianna (Alagoas), Bruna (Paraná), e Dadá (Piauí).

Experiente na criação de roteiros e ciente das dificuldades enfrentadas pela censura de palavrões, a mediadora se diz grata pela liberdade que as mulheres receberam. "Poder colocar isso [liberdade] no palco, colocar isso na TV, acho que é um privilégio, ainda mais nos tempos de hoje", avalia Cris.

divulgação/comedy central

Dadá Coelho, Bruna Louise, Cris Wersom, Arianna Nutt e Carol Zoccoli: elenco 100% feminino

Bruna faz teatro desde os 15 anos e explica sua escolha pela comédia. Logo, faz piada sobre não ter dinheiro porque decidiu fazer carreira no humor. "Nunca acreditei que poderia ganhar dinheiro fazendo os outros rirem, taí meu nome no Serasa que confirma isso", brinca a representante do Paraná. 

"Nós cinco somos muito diferentes, mas com uma sintonia enorme e todas com o mesmo objetivo: fazer quem está em casa rir falando os maiores absurdos já ditos num canal de TV!", completa Louise.

Com humor mais sem filtro e na linha do pernambucano Rodrigo Marques, Arianna Nutt não se envergonha em soltar piadas mais picantes, com direito a "pau", "boceta" e muito sexo no seu repertório. Sobre a comparação, a alagoana rebate que os dois só veem a vida com mais naturalidade.

Do Nordeste vem Dadá Coelho, carregada de sotaque. Piauiense, ela torce para que o público adore o programa, mas acredita que o jogo já está ganho devido à recepção das pessoas que assistiram às gravações no Teatro Gazeta, na capital paulista. 

"Tinha um calor, uma energia, e quem faz comédia sabe que o público é o fio condutor e a nossa resposta foi imediata. A gente recebeu o carinho, as risadas. É isso. Acho que a televisão vai conseguir imprimir essa energia que circulou ali entre as meninas e a plateia. Foi lindo!", finaliza a comediante casada com Paulo Betti.

Confira o teaser de A Culpa É da Carlota:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?